NOTÍCIAS

Policiais civis do Maranhão decidem por protestos e mobilização

Desvalorizados no governo Dino, ninguém está satisfeito com o Palácio dos Leões

Policiais Civis do Maranhão reuniram-se em assembleia geral na sexta-feira, 8, para definir os novos rumos a serem tomados pela categoria e aprovaram a realização de protestos e atos em reação a não edição e aprovação da Medida Provisória que previa o reescalonamento da Polícia Civil. Com a decisão, os policiais farão movimentos em todo o estado que terão as datas definidas por uma comissão que se reúne segunda-feira, 11 de abril.

Esta semana, com a saída do ex governador, Flávio Dino, do comando do estado, a diversas reuniões realizadas com o secretariado de Dino foram classificadas como manobras para enganar a categoria e protela a solução que estava em negociação.

Entre as pautas definidas no encontro o objetivo é uma intensa mobilização.
A assembleia foi marcada por falas que reforçaram o discurso comum que fomenta a união da categoria para realização de atos ostensivos.

“Precisamos nos unir neste momento, para mostrar o que fizeram esses governantes que não nos valorizam enquanto profissionais. Homens e mulheres que arriscam suas vidas enquanto eles estão em seus palácios confortáveis.” destacou o presidente do SINPOL-MA. Klinger Moura.

A previsão do sindicato é que caravanas de Policiais Civis do interior do estado cheguem para somar nas mobilizações.

Em nota divulgada no último dia 01 de abril e assinada pelo presidente do Sinpol, os policiais civis se dizem traídos por Flávio Dino. Veja a nota abaixo na íntegra.

Apesar de todos os esforços empregados pelo Sindicato dos Policiais Civis Do Maranhão, o ex Governador Flávio Dino engodou a polícia civil, levando seu secretariado a ludibriar a categoria com a expectativa de um reescalonamento salarial com o aumento dos percentuais entre referências e classes( progressões e promoções funcionais).

Foram diversos encontros e reuniões, onde foi nos informado que a mando do ex governador, nossa situação seria solucionada, e que não haveria motivo para um movimento mais radical por parte dos Policiais Civis. Paira-se no momento um completo sentimento de desilusão, desrespeito e revolta na categoria.

O próximo governador Carlos Brandão agora pagará o preço pela incompetência e trairagem de seu antecessor.
A atual gestão do Sinpol agora tomará medidas enérgicas, para que todos saibam do jogo sujo que foi utilizado por Flávio Dino para enganar os policiais civis até seus últimos momentos no cargo, demonstrado seu total desrespeito e desvalorização a tão honrosa instituição como a Polícia Civil do Maranhão.

Klinger Lima de Moura Filho
Presente do Sindicato dos Policiais Civis do Maranhão.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!