MARANHÃO

Prefeito de Peri Mirim deixa de repassar auxílio do TFD a pacientes

Denúncia já tramita na Promotoria de Justiça da cidade de Bequimão-MA

Nem na base da oração, Heliezer se comove com seu povo. Tramita na Promotoria de Justiça do município de Bequimão, o requerimento de nº 00259-24/2022 em que a gestão do prefeito de Peri-Mirim, Heliezer Soares (PCdoB) é acusada de não repassar o auxílio de Tratamento Fora de Domicílio (TFD) para pacientes e acompanhantes que se deslocam para outras cidades.

Apesar de devidamente oficiados, os responsáveis da gestão não responderam ao Ministério Público, órgão da promotoria de justiça (conforme informado na data de 15/07/2022 no site do MP).

As reclamações a respeito do TFD em Peri-Mirim são muitas, sendo que a maioria sequer chega ao conhecimento do Ministério Público.

A primeira deficiência encontra-se na falta de conhecimento e de divulgação pelo próprio governo municipal deste auxílio. Em segundo, a falta de transparência. E em terceiro, a falta de comunicação e diálogo com o próprio governo através de seus membros (que conforme informado acima, não atendeu nem mesmo o ofício de um órgão ministerial). Veja abaixo.

O Tratamento Fora do Domicílio (TFD), instituído por meio da Portaria SAS/MS nº 55/1999, consiste em ajuda de custo a ser fornecida aos pacientes atendidos na rede pública ou conveniada/contratada do SUS que dependam de tratamento fora de seu município, mediante garantia de atendimento no município de origem ou de referência.

As despesas permitidas pelo TFD são relativas ao transporte aéreo, terrestre ou fluvial do paciente e seu acompanhante, bem como diárias para alimentação e pernoite, devendo ser autorizadas de acordo com a disponibilidade orçamentária do município ou estado concedente.

A saúde do município de Peri Mirim está pedindo socorro há meses. O prefeito Heliezer Soares parece mesmo está pouco preocupado com a população perimiriense.

Por Vandoval Rodrigues

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!