NOTÍCIAS

Quando acabar a vacinação contra Covid-19, Braide vai desaparecer ou cair na realidade?

Graças a variante Delta, o prefeito Eduardo Braide (Podemos) aparece na mídia diariamente como salvador da pátria

Bastou o Ministério da Saúde anunciar a terceira dose da vacina contra a Covid-19 para que o prefeito Eduardo Braide anuncie logo a imunização em São Luís. Nos últimos meses, graças a variante delta, que foi detectada em uma tripulação indiana na capital maranhense, para que o prefeito de São Luís passasse a vigiar seringa nos Centros de Vacinação mediante as câmeras de TV. Nem o secretário que é médico e conhece as técnicas, parece tanto assim.

Com tantos problemas na cidade, inclusive na área de saúde pública, o prefeito de São Luís está focado apenas na imunização contra a Covid-19. Ele parece nos jornalísticos da TV Mirante 24h, na TV Globo e demais emissoras da Região Metropolitana. Nada é 0800, tudo com verba pública. A pergunta que a população faz é: quando acabar a vacinação contra a Covid, Braide vai desaparecer ou vai trabalhar de verdade? Até agora apenas finge que trabalha nesses 240 dias de gestão.

São Luís é uma capital com aproximadamente 600 bairros, entre vilas e distritos, e quase todos estão entregues ao caos, principalmente as comunidades periféricas. Postos de saúde abandonados, cidade cheia de buracos e o prefeito fazendo maquiagem com o intuito de publicizar tudo na TV com dinheiro público.

Na Câmara Municipal de São Luís, o número de requerimentos cobrando melhorias na cidade é cada dia maior. Os pedidos vão desde infraestrutura de escolas, postos de saúde, tapa buracos em ruas e avenidas, reparos na iluminação pública, além da ampliação nos atendimentos em hospitais da rede municipal de saúde.

A falta de compromisso de Eduardo Braide com a população já causou um racha dentro da Câmara e praticamente sua base foi reduzida, o que dificultará na eleição da mesa diretora, onde o vereador Gutemberg Araújo, aliado do prefeito, encontra dificuldades para unir a base em prol de sua eleição como presidente da Casa Legislativa.

E é desta forma que São Luís, se mostra na TV na frente das demais capitais brasileiras, mas por trás das cortinas periférica, segue sendo a capital brasileira do atraso e do abandono.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!