MARANHÃO

Quem é Ricardo Cappelli na fila do pão pra atacar Braide ou outro líder maranhense?

Sem competência para trabalhar no Rio de Janeiro, sua terra natal, Cappelli foi usado pelo PCdoB como bucha no governo Flávio Dino/Brandão

O que os maranhenses não sabem, ou talvez não foram avisados, é que o Secretário de Comunicação no governo Carlos Brandão, o carioca Ricardo Cappelli, tem atrapalhado as articulações do Palácio dos Leões em busca de reforços, causando brigas internas entre “aliados” e possivelmente deve ser o responsável pelas derrotas de Brandão e Flávio Dino nas eleições de outubro deste ano. O veneno de Cappelli prejudica Brandão e fortalece Weverton.

Desde que assumiu a Secretaria de Comunicação, ainda na gestão do ex-governador Flávio Dino (PSB), Cappelli tem atrapalhado a vida de aliados palacianos, atacado os defensores de Brandão, como fez com o deputado Yglésio Moysés, perseguido jornalistas e radialistas, além de usar as redes sociais para mostrar sua falta de visão política ao analisar o cenário político maranhense. Cappelli é mais um jabuti que desembarcou no Maranhão pelas mãos de aliados de Flávio Dino, mesmo com uma ficha desastrosa em sua carreira profissional.

Após pedido de Flávio Dino e contra a vontade dos irmãos de Carlos Brandão, Cappelli se manteve na Secom a gestão Brandão, mas sem nenhuma serventia na pasta. Para não ficar o dia todo só fabricando fake news nos porões do Palácio dos Leões, Cappelli passou a atacar o senador Weverton Rocha (PDT), principal adversário de Carlos Brandão na corrida ao governo, e as lideranças políticas que declaram apoio ao Senador Pedetista, como fez contra o prefeito de São Luís, Eduardo Braide, o deputado federal Josimar de Maranhãozinho, a prefeita de Lago da Pedra, Maura Jorge e tantas outras lideranças. A pergunta que os maranhenses estão fazendo é: quem é Cappelli na fila do pão para atacar Braide ou outra liderança maranhense?

Odiado pelos aliados de Flávio Dino e muito mais ainda, pelo aliados de Carlos Brandão, Cappelli tem causado um prejuízo eleitoral ao governador Carlos Brandão ao usar blogueiros alinhados ao Palácio dos Leões para atacar aliados brandonistas, petistas, comunistas e quem atravessar seu caminho. Cappelli nunca foi bem visto no governo Flávio Dino e muito mais ainda, no governo Brandão, que já nasceu fracassado.

QUEM É RICARDO CAPPELLI

O jornalista Cappelli, que atualmente só serve para atacar aliados do senador Weverton Rocha, atuava como secretário-chefe da Representação Institucional do governo do Maranhão em Brasília e veio para comandar uma pasta, que trouxe desgastes à imagem de Flávio Dino e está destruindo Brandão aos poucos abandonar os velhos soldados do governador.

 A ficha do jornalista Cappelli, que tentou ser vereador no Rio de Janeiro em 2008 e sequer conseguiu 10 votos em uma cidade com quase 5 milhões de eleitores, não é tão limpa para ficar usando de adjetivos chulos simplesmente para atacar quem não apoia Brandão. Basta dar um Google para descobrir o histórico vergonhoso desse carioca, que está agregado no Maranhão e servindo de bucha.  Veja abaixo um aperitivo.

Cappelli já foi presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE) e Secretário Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social no Ministério do Esporte. Nesse período, Cappelli teve seu nome envolvido em escândalos do programa Segundo Tempo, do Ministério dos Esportes, no governo Lula.

Bastou declarar apoio a Weverton Rocha, para os ataques acontecerem instantaneamente. É a única capacidade, que Cappelli demonstrou aqui no Maranhão durante sua passagem.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!