INFRAESTRUTURA

Ponte licitada pela Prefeitura de Guimarães-MA nunca foi construída

Documento mostra que a ponte deveria está pronta, mas continua um caos

O município de Guimarães, localizado no Litoral Ocidental Maranhense, está literalmente abandonado. Estradas vicinais destruídas, prédios públicos abandonados e um povo sem ter a quem pedir socorro. A ponte que dá acesso ao povoado Prata, na zona rural do município, está um verdadeiro caos, mesmo tendo sido licitada sua construção em 2020. Veja abaixo a situação dessa ponte, que está com licitação e contrato assinado desde 2020.

Documentos adquiridos com exclusividade pelo Portal G7, mostram que a atual gestão licitou a construção da ponte em 2020, contratou uma empresa da cidade de Cachoeira Grande, na Região do Munim, mas até esta data não construiu e muito menos reformou a ponte. O contrato foi assinado dia 19 de outubro de 2020, há 25 dias antes das eleições municipais. Veja o contrato na íntegra clicando AQUI…

A empresa Agnus Serviços Ltda, Inscrita no CNPJ: 04.699.670/0001-07, tem como sócias as empresárias Natália Ferreira Guedes e Nádia Regina Paixão Correia. O capital da empresa é de Um Milhão de reais, segundo documento da Receita Federal.

De acordo com o Extrato do Contrato, a empresa assinou um contrato no valor de R$ 332.601,46 (Trezentos e trinta e dois mil, seiscentos e um reais e quarenta e seis centavos) para construção e reforma de pontes que ligam a sede aos povoados na zona rural de Guimarães-MA.

Como veículo de comunicação de massa na Rede Mundial de Computadores, o Portal G7 abre espaço para as explicações da Prefeitura de Guimarães sobre a licitação e a situação da ponte mostrada na matéria.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo