BABADO DA SEMANA

Rei da apologia ao crime, Witzel perde o cargo por cometer crimes

O agora ex-governador, pregava ser contra a corrupção e aos criminosos, hoje faz parte da mesma lista

Minha vovó dizia que falar é fôlego. Na política palavras lindas, são como flores perfumadas no deserto: tudo é lindo e maravilhoso. O agora ex-governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, fez uma campanha pregando acabar com a corrupção, com marginais e após assumir o comando do Palácio Guanabara, chegou a comemorar na Ponte Rio-Niterói, a morte de um jovem abatido por policiais.

Sabe onde Wilson Witzel está hoje? Na mesma lista daqueles que o ex-juiz dizia combater se fosse eleito. Durante a pandemia do novo coronavírus, Wilson Witzel foi afastado do cargo acusado de desvio de verba pública, e participação em uma quadrilha que havia se instalado na saúde pública do Estado do Rio de Janeiro.

Após 10 meses de muitas investigações, o Tribunal Misto, formados por deputados e magistrados, condenou Wilson Witzel por 10 a 0, a perda do mandato. Wilson Witzel (PSC) sofreu impeachment na última sexta-feira (30) e de quebra está com os direitos políticos cassados por 5 anos ou seja, até 2026.

Witzel ficou 580 dias no governo; caiu em desgraça em 2019, quando colocou-se como possível adversário de Jair Bolsonaro na sucessão de 2022. A partir dali o ex-juiz comprou uma briga com o presidente da República, que tem maioria na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro e acabou contribuindo para a cassação de Wilson Witzel.

Bastou anuncia seu interesse pelo Palácio do Planalto, Wilson Witzel foi alvo de duas operações, enfrentou dez pedidos de impeachment e terminou afastado do governo por ordem do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Wilson Witzel não teve como provar sua inocência, já que aquela honestidade pregada na campanha de 2018 não foi encontrada pelos membros do Tribunal Misto.

Com a decisão desta sexta-feira, Wilson Witzel foi abatido na cabeça: perdeu o mandato e está inelegível pelos próximos cinco anos. O cantor católico Cláudio Castro, que também já tem B.O com a justiça, assume definitivamente o Palácio da Guanabara.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo