ELEIÇÕES

Roberto Rocha trai deputado Wellington e declara apoio a Braide

O deputado Wellington do Curso ficou sem legenda e está fora das eleições 2020

O povo maranhense nunca confiou em Roberto Rocha, a prova foi a pífia votação dele nas eleições de 2018, quando sonhava ser governador do Maranhão, obtendo míseros 2,05% (64.446 votos), o que talvez não se elegeria nem pra deputado se tivesse concorrido ao legislativo. Para está senador hoje, Roberto Rocha aceitou ser vice prefeito na chapa de Edivaldo Holanda Jr, com um acordo de Flávio Dino lhe carregar nos ombros para o cargo de senador. Deu certo, Flávio Dino foi eleito governador do Maranhão com 63,52% (1.877.064 votos) e de quebra elegeu Roberto Rocha senador com 51,41% (1.476.840 votos). Após ser eleito, o primeiro agradecimento à Flávio Dino foi declarar rompimento, traiu o governador e ainda ficou de olho no cargo. O povo não aceitou a traição e humilhou Roberto Rocha nas eleições de 2018.

Para confirmar que Roberto Rocha gosta é de poder, o presidente do diretório municipal do PSDB em São Luís, Roberto Rocha Júnior, comunicou nesta sexta-feira (28), que o partido irá apoiar Eduardo Braide nas eleições da capital. Na oportunidade, o filho de Roberto Rocha na maior cara de pau, lamentou a decisão do Wellington do Curso de não apoiar o projeto. É válido lembrar que Wellington é até então, o único deputado da legenda na Assembleia Legislativa do Maranhão.

Roberto Rocha Júnior, que foi vice na chapa de Wellington do Curso nas eleições de 2016, tentou explicar a traição, afirmando que o deputado tucano era sabedor de toda articulação construída entre PSDB e Podemos, desde 2018, insinuando que não houve traição. Wellington do Curso foi traído 2 vezes em apenas 8 anos. A primeira foi pelo PSL de Chico Carvalho em 2012 e agora pelo PSDB de Roberto Rocha. Que sirva de lição!

O deputado Wellington que trabalha sua pré-candidatura a prefeito de São Luís, estava bem nas pesquisas, não participou da reunião do partido que declarou apoio a Braide. Apos a traição, Wellington deve tomar outro rumo e fazer oposição a Eduardo Braide. Não foi por falta de aviso!

O G7 se solidariza com o deputado Wellington do Curso que tem a coragem e o trabalho pautado em seu mandato na Assembleia Legislativa do Maranhão e precisa ser respeitado.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo