ESPORTE

Sampaio demite técnico João Brigatti

Treinador não resistiu os péssimos resultados pelas copas do Brasil e Nordeste

Após reunião realizada na manhã deste domingo (20) com o técnico João Brigatti, o presidente Sergio Frota comunicou o desligamento da comissão técnica, em decisão de comum acordo entre as partes “Agradeço o Brigatti, que é um grande profissional, responsável, assim como toda a comissão técnica, mas fizemos uma análise de resultados e desempenho, e chegamos à conclusão que a troca de comando seria a melhor solução”, frisou o presidente boliviano.
Frota afirmou que vai iniciar as tratativas em busca do novo treinador e fará o anúncio tão logo feche a negociação.
O técnico João Brigatti enalteceu a Bolívia em sua despedida: “Agradeço pela oportunidade de trabalhar mais uma vez em um grande clube como o Sampaio. Me sinto muito feliz por ter alcançado os objetivos aqui traçados, como o acesso em 2019, sendo vice-campeão brasileiro, e em 2021, quando ajudei a equipe, junto a todos os profissionais, a permanecer na série B”, ressaltou.
RESULTADOS NEGATIVOS
O desempenho do time nas Copas do Brasil e do Nordeste foram a gota d’água para a demissão de João Brigatti. O Sampaio foi eliminado na Copa do Brasil para a Portuguesa Carioca, perdendo assim uma copa de R$ 1,9 milhão de reais. Na Copa do Nordeste não foi diferente, Sampaio foi eliminado e deixou de embolsar mais R$300 mil reais. No campeonato Maranhense, venceu o Moto, mas por pouco também não dançou no Castelão.  Com investimento superior a todos os times do Campeonato Maranhense, a Bolívia Querida precisa se organizar, já que tem pela frente a Série B do Brasileirão.
Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!