JUSTÍÇA

Será que Eduardo Nicolau vai cancelar o São João do Maranhão?

Festa Junina será promovida pelo governo do Maranhão e paga com dinheiro público

Uma frase proferida pelo Procurador-Geral de Justiça do Maranhão, Eduardo Nicolau, pode complicar sua vida daqui por diante. O problema é que pau que bate em Chico, precisa bater em Francisco. Durante entrevista, Nicolau que lutou para cancelar shows nas cidades de Bacabal e Vitória do Mearim, não fez o mesmo em Coroatá e Balsas.

Tentando mostrar coerência e responsabilidade com o bem público, durante uma entrevista, Eduardo Nicolau soltou a seguinte pérola: “Não aceito, não aceitei e não aceitarei” diz Eduardo Nicolau se referindo ao cancelamento de show de Wesley Safadão e Xandy Avião no Maranhão. A pergunta que não quer calar, é: onde estava Nicolau no período em que Coroatá e Balsas realizam festas e gastaram dinheiro público? Seria um peso e duas medidas?

O procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau, que tem se mostrado muito amigo do governador Carlos Brandão, feito elogios ao “amigão”, se manifestou sobre as ações do Ministério Público do Maranhão que resultou no cancelamento de shows de artistas de renome nacional promovido por prefeitos do interior maranhense.

No vídeo, Eduardo Nicolau deu detalhes sobre os gastos promovidos pelas prefeituras de Bacabal e Vitória do Mearim, onde seriam valores exorbitantes para promover eventos de aniversários dos municípios com a presença de artistas nacionais. Que o Nicolau está coberto de razão, é indiscutível. Mas o remédio precisa ser aplicado em geral, não apenas em 6 e deixar meia dúzia a Deus dará.

“A luta foi grande, porém o Ministério Público venceu, quem venceu não foi só Ministério Público, mas a população que não deixou o seu dinheiro ser escoado pelo ralo. A prefeitura de Vitória do Mearim como também a prefeitura de Bacabal, queria os prefeitos promover festa com o dinheiro público. Bacabal com 750 mil reais e Vitória do Mearim com 500 mil, não aceito, não aceitei e não aceitarei” afirmou Eduardo Nicolau.

Eduardo Nicolau elogiou o desempenho dos promotores diante da situação que se arrastou até o Supremo Tribunal (STF).

Nossos promotores de justiça bastantes diligentes foram correndo e prepararam peças e essas peças caíram no Tribunal, quando o Tribunal nega, o STJ tá aí para isso. E fomos até o Supremo Tribunal Federal, mas a vontade foi vencida, a vontade de guardar o dinheiro e não escorrer o dinheiro pelo ralo. Dinheiro público tem de ser gasto com a coisa necessária: com Saúde, Educação, Saneamento Básico e tudo que for necessário e não com festa, quem quiser fazer festa que faça com o seu dinheiro.” Finalizou Nicolau.

A pergunta que fica e precisa ser respondida com o mesmo afinco, é se, Eduardo Nicolau vai cancelar o São João do Maranhão, promovido pelo governador Carlos Brandão e que este ano, a promessa é que a festa seja promovida com 45 dias de folia junina? É bom lembrar, que o São João do maranhão consome dinheiro público e muito dinheiro. Não é trocados de R$500 mil reais. É coisa de milhões. E aí Nicolau, vai usar a mesma caneta ou desta vez será um lápis com borracha branca?

 

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!