Sarney

  • ARTIGO

    A Casa, o Bem de Família

    Ao longo da História da Humanidade a casa — o espaço pessoal de uma família, fosse de pedra ou de couro, fixo ou móvel — sempre teve um caráter de refúgio, desde para o visitante, acolhido com o que se tinha de melhor, até à garantia de sua inviolabilidade. A Constituição acolheu esse princípio, estabelecendo que “a casa é asilo…

    Leia mais »
  • ARTIGO

    Tancredo: A maldade

    Fernando Lyra era grande amigo de Tancredo Neves, que gostava muito dele, por ter um jeito aberto, simpático, corajoso e por ser bom amigo. Todos sabiam que o Fernando Lyra seria ministro do novo governo. Julgava-se até que ele seria o Chefe da Casa Civil. Tancredo, com sua grande habilidade, estava montando o Ministério. Queria colocar Freitas Nobre. Teve dificuldade…

    Leia mais »
  • ARTIGO

    Tancredo Neves: os desejos

    Tancredo contou-me que, no Governo de Raul Soares —Presidente (governador) de Minas Gerais de 1922 a 1924 —, em Minas, ainda havia no Palácio da Liberdade um corredor por onde entrava o Presidente do Estado toda manhã. Em bancos laterais desse corredor ficavam os pedintes, e ali o Presidente fazia o seu primeiro despacho: uns pediam passagem, outros, emprego etc.…

    Leia mais »
  • ARTIGO

    Rua México, 3

    A UDN foi o grande partido do Brasil. Seus quadros constituíam a elite nacional, juntando conservadores com a esquerda democrática, como os dois irmãos que traziam incorporados em sua biografia a luta e o exílio curtidos na oposição a Getúlio Vargas: Otávio Mangabeira e João Mangabeira, brilhantes e combativos. Organizados em partido depois da queda do Getúlio, tinham por hábito…

    Leia mais »
  • ARTIGO

    O maior legado

    Todas as vezes que estou fora de meu estado, em qualquer que seja o lugar do Brasil, e alguém me pergunta de onde eu sou, e eu digo que sou do Maranhão, a primeira coisa que a pessoa diz é: “Terra do Sarney!”. A terceira coisa que me dizem é que eu não tenho um sotaque característico, mas a segunda…

    Leia mais »
  • ARTIGO

    Dom Pedro I

    Nos 150 anos da Independência, em 1972, o Coronel Otávio Costa, chefe da comunicação do Médici, teve a ideia de criar uma diplomacia dos ossos para reavivar o nosso sentimento patriótico: trouxe de Portugal os ossos de D. Pedro I, que percorreram o Brasil inteiro e, depois, tiveram o devido repouso no Panteão do Ipiranga, em São Paulo. O caixão…

    Leia mais »
  • NOTÍCIAS

    Após consultoria com Sarney, Flávio Dino mantém Maranhão na miséria

    Não é de hoje que Flávio Dino não cumpre com sua palavra ou trai seus aliados. Em 2018, Dino traiu Zé Reinaldo Tavares, seu padrinho político desde 2006. Depois foi a vez de trair Waldir Maranhão, sem contar dos inúmeros aliados traídos pelo interior do estado. Traição e perseguição são adjetivos detectados na vida pública de Dino, há quase 18…

    Leia mais »
  • NOTÍCIAS

    Bom Ano Novo

    “Primum vivere, deinde philosophari” — “Viver, depois filosofar”, disse Hobbes no século 18 reformulando os versos antigos de Horácio: “Dum loquimur, fugerit invida aetas: carpe diem quam mininum credula postero.” “Enquanto falamos o tempo foge invejoso: aproveita o dia, confiando no amanhã o menos que puder.” A longa lição de meus anos me ensinou que, se o mais importante é…

    Leia mais »
  • NOTÍCIAS

    Acordo entre Brandão e os Sarney prevê Arnaldo Melo na presidência da Assembleia

    Costurado pelo próprio governador Flávio Dino (PSB), o acordo entre o vice-governador Carlos Brandão (PSDB) e a oligarquia Sarney prevê o deputado estadual Arnaldo Melo (MDB) sentado na cadeira de presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão a partir de 2023. Recentemente, deputados da velha guarda sarneyzista reuniram-se em um jantar organizado pelo comunista radical Márcio Jerry Saraiva Barroso (PCdoB). No…

    Leia mais »
  • NOTÍCIAS

    Chamando Bom Jesus da Lapa

    Eu era Governador do Maranhão e costumava viajar frequentemente ao interior do Estado. Muitas vezes, íamos também a outros Estados: a Boa Esperança, no Piauí, onde se construía a hidrelétrica; a Recife, sede da Sudene, onde, permanentemente, tínhamos assuntos a tratar sobre a Usina Hidrelétrica de Boa Esperança. Um dia, saímos de São Luís para irmos a Minas Gerais, onde…

    Leia mais »
Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!