POLÍCIA

Alexandre de Moraes parabeniza PF pela prisão de Roberto Jefferson

Ex-deputado federal feriu dois agentes da Polícia Federal neste domingo (23/10) e se entregou por volta das 19h

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, parabenizou a Polícia Federal (PF) pela prisão do ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB), que atacou com tiros e granadas e feriu dois agentes da corporação neste domingo (23/10).

“Parabéns pelo competente e profissional trabalho da Polícia Federal, orgulho de todos nós brasileiros e brasileiras. Inadmissível qualquer agressão contra os policiais”, escreveu o magistrado. Ele também se solidarizou com a agente Karina Oliveira e com o delegado Marcelo Vilella, feridos na ação.

Roberto Jefferson se entregou à Polícia Federal (PF) por volta das 19h. Moraes emitiu uma nota ordem para que o ex-presidente do PTB fosse preso depois da reação agressiva do ex-parlamentar. O magistrado também proibiu entrevistas individuais ou coletivas com o réu “antes, durante ou após a realização da prisão”.

Agentes da Polícia Federal se mobilizaram na casa de Jefferson em Levy Gasparian, interior do Rio de Janeiro, desde o começo da tarde deste domingo (23/10) para cumprir um mandado de prisão emitido pelo ministro e foram recebidos com tiros e granadas.

O ministro revogou a prisão domiciliar do advogado e solicitou que ele volte para o regime fechado após ele usar as redes sociais da filha para xingar a ministra Cármen Lúcia.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo