MARANHÃO

Ao anunciar nomeação de policiais, Brandão certifica incompetência de Flávio Dino

Desde a gestão Flávio Dino aguardando suas nomeações, mas só foram lembrados por Brandão por conta do período eleitoral

Na manhã desta quarta-feira (10), o Governador do Maranhão, Carlos Brandão (PSB), ao anunciar por meio de uma rede social, a nomeação de 300 policiais do concurso que foi realizado em 2017 na gestão comunista para a segurança pública no Estado, certificou a incompetência de Flávio Dino, que mesmo pressionado, preferiu contratar uma empresa de segurança privada para realizar o trabalho, a chamar quem estudou e passou no certame.

Mesmo em tempo gordo de muita arrecadação de ICMS, Flávio Dino enrolou os concursados e nunca os chamou. Há quase 05 anos mais de mil jovens vinham lutando para serem nomeados no concurso da segurança pública que havia ocorrido no Maranhão na gestão Flávio Dino, entre eles, existem polícias militares, delegados, investigadores e escrivães.

E mesmo depois de lutar muito para não nomear os policiais, o governo Dino/Brandão escolheu fazer isso justamente em meio à campanha eleitoral, como se a preocupação fosse com a segurança dos maranhenses, enquanto ainda falta mais de mil para serem chamados. O Maranhão vive um caos na segurança pública, com falta de policiais, mas não faltam agentes da polícia para fazer a segurança do ex-governador Flávio Dino.

Em fevereiro, o seu antecessor e tutor, Flávio Dino, já no apagar das luzes para deixar o cargo, fez o mesmo ato com a nomeação de mais 300 polícias militares, além deles foram chamados também 41 policiais civis, 10 delegados, 30 investigadores e apenas 1 escrivão.

E como diz o velho poeta, mudam-se os atores, mas o espetáculo continua o mesmo…

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!