PROFESSORES

Após Eduardo Braide anunciar 14º salário aos professores, já tem vereadores com caganeira nervosa

O anúncio caiu como uma bomba no colo de quem ainda torce para o quanto pior, melhor

No Maranhão se faz o povo reclama, se não faz, reclama do mesmo jeito. Em São Luís não é diferente, mas quem reclama não é o povo, mas sim, alguns vereadores de oposição. Nesta semana, o prefeito Eduardo Braide usou suas redes sociais para anunciar que a Prefeitura de São Luís irá pagar o 14º salário aos professores, gestores e cuidadores da rede municipal de ensino. Bastou a mídia publicar, alguns vereadores tiveram imediatamente caganeira nervosa.

A proposta ainda precisa ser aprovada pela Câmara Municipal, mas diferente do que alguns parlamentares pegam nas redes sociais e na Tribuna da Câmara de São Luís, a verba usada para esse tipo de ação será a sobra do Fundo Nacional da Educação Básica (Fundeb), dinheiro federal, mas gerido pelo gestor municipal.

Imaginava-se que não houvesse polêmica, mas já começou bem antes do esperado. Aqueles dizem defender o professor, agora iniciam um motim para tentar atrapalhar o trabalho de Eduardo Braide. Mas mesmo alguns vereadores tendo caganeira nervosa, o projeto deve ser aprovada sem dificuldade. A proposta será enviada ao parlamento ainda esta semana.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo