NOTÍCIAS

Após quase todo mundo vacinado, Prefeitura de São Luís inicia mega testagem de Covid

A ação começou nesta segunda-feira (22), mesmo com quase toda população ludovicense vacinada

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), demorou quase 2 anos para iniciar a mega testagem de  Covid-19 na capital maranhense. A ação começou nesta segunda-feira (22), mesmo com quase toda população ludovicense vacinada.

O serviço, que segue até sexta-feira (26), está sendo ofertado nos terminais de integração da Praia Grande, Cohama, Distrito Industrial, Cohab/Cohatrac e São Cristóvão, e nos centros de saúde Genésio Ramos Filho (Cohab), Clodomir Pinheiro Costa (Anjo da Guarda), José Carlos Macieira (Sacavém), Laura Vasconcelos (Estiva), Olímpica I (Cidade Olímpica) e Centro de Saúde São Cristóvão (São Cristóvão).

O horário de atendimento é das 8h às 17h e o interessado em fazer o teste deve apresentar documento de identificação com CPF ou Cartão SUS.

“Estamos promovendo mais a mega testagem de combate à Covid-19 que se soma a outras como a vacinação, que em nossa cidade tem alcançado bons resultados já tendo mais de 95% da população imunizada com as duas doses, além de estarmos avançando na aplicação da terceira dose para o público de 18 anos ou mais. Esta ação da mega testagem tem como objetivo garantir o controle dos números da pandemia devido à flexibilização das medidas sanitárias, importante para mapearmos possíveis novos casos da doença, principalmente durante o fim do ano, quando se intensificam os encontros familiares”, destacou o prefeito Eduardo Braide.

Antes de iniciar a testagem, os pacientes passam por uma triagem para monitoramento do quadro clínico. A entrevista consiste na investigação de sintomas gripais tais como febre, dor no corpo, coriza e demais sintomas referentes à Covid-19, como desconforto ao respirar. Logo em seguida, o paciente é encaminhado para a área de testagem.

Dois tipos de testes estão sendo ofertados à população, o antígeno e o anticorpo. O teste de antígeno é realizado a partir do coletor swab (objeto estéril no nariz) inserido nas narinas do paciente. Em seguida, o material é colocado em um recipiente lacrado e algumas gotas de reagente são depositadas. O resultado sai em 15 minutos.

Já o método de anticorpos é realizado com a coleta de sangue do paciente, sendo possível identificar os anticorpos IgG e IgM com 99% de precisão a partir do 10º dia de sintomas. Nos casos positivos, a pessoa é orientada para imediatamente iniciar os procedimentos de isolamento e tratamento dos sintomas.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!