BABADO DA SEMANA

Esposa de vice-governador de Mato Grosso diz ser agredida pelo marido

Ela teria ligado para a polícia após as agressões do vice-governador do Mato Grosso

Após uma sessão de espancamento, Viviane Cristina Kawamoto Pivetta, mulher do vice-governador de Mato Grosso, Otaviano Pivetta, pediu ajuda à polícia. Aos prantos, a advogada relatou uma tentativa de estrangulamento, chutes e pancadas na cabeça. O Globo obteve o áudio da gravação, que está sob segredo de Justiça. A ligação foi confirmada pela defesa da vítima.

Otaviano foi indiciado pela Polícia Civil de Santa Catarina por de lesão corporal contra Viviane. No áudio (leia a transcrição abaixo), a advogada afirma que deseja registrar ocorrência de violência doméstica. “O meu marido me espancou”, diz.

Pouco depois, o policial pergunta o motivo do espancamento. “E por que ele bateu na senhora?”, questiona o atendente. A mulher responde:

“A gente teve uma discussão durante o dia, normal… E agora à noite ele me falou: ‘vamos orar!’ E eu fui com ele na sala e lá eu tava com a coberta e ele começou a me estrangular com a coberta. E bater com minha cabeça no sofá. E começou a me chutar. E eu, pra me defender…. E ele pegou meu telefone… ‘você vai ligar pra polícia? Vai ligar pra polícia?’. Ele pegou meu celular e começava bater no chão”.

De acordo com Viviane, o vice-governador só parou as agressões após ela ter segurado nos testículos do marido e apertado. Conforme consta no áudio, a advogada fez o telefonema em frente ao apartamento onde o casal estava. Ela informou ao policial que era um caso de violência doméstica e que o marido não havia bebido.

Continue lendo clicando AQUI…

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo