DIREITOS DA MULHER

Bairros de Fátima e João Paulo vão debater sobre Violência Doméstica

Projeto Não Morra Maria da Penha vai está nos bairros de Fátima e João Paulo neste domingo (8)

Moradores dos bairros de Fátima, João Paulo e áreas vizinhas são o público-alvo da próxima edição do Projeto “NÃO MORRA, MARIA DA PENHA”, que será realizado pela 2ª Vara Especial de Violência Doméstica e Família de São Luís e parceiros institucionais, de 8 a 14 de março, com o objetivo de sensibilizar os segmentos da sociedade sobre o fenômeno da violência doméstica e familiar e proporcionar apoio institucional às vítimas. A programação é gratuita e aberta à comunidade.

Durante a semana, diversas ações serão realizadas na comunidade, incluindo seminário com palestras educativas, distribuição de material informativo, oficinas de artesanato, rodas de conversa e caminhada e momentos de reflexão e oração, com a participação de representantes do sistema de Justiça e dos órgãos parceiros da Rede de Proteção à Mulher, representantes do 24° Batalhão de Infantaria e Selva (24 BIS), Universidade Anhanguera, igrejas católica e evangélica e da comunidade, que colaboram com o projeto.

A abertura do evento acontece no domingo, 8 de março – Dia Internacional da Mulher, com panfletagem e distribuição de informativos na Feira do Bairro de Fátima, a partir das 7h. Às 16h tem início a caminhada “Não Morra Maria da penha”, com concentração na Praça da Igreja de Nossa Senhora de Fátima e após, missa de abertura da “Semana da Mulher”, às 19h.

Ao longo da semana, acontecem atividades culturais e recreativas de integração na comunidade, na Biblioteca Municipal José Sarney (Rua do Correio), Biblioteca da UI Estado do Amazonas (Avenida Newton Bello), Casa do Divino (Rua da Liberdade), Associação Carente São Benedito, Igreja Ministério Apostólico Vale da Bênção e salão paroquial da Igreja Nossa Senhora de Fátima.

SEMINÁRIO – No decorrer das atividades, será realizado o Seminário “Não Morra Maria da penha”, nos dias 10, 11 e 12, no auditório do 24 BIS, na Avenida João Pessoa, no João Paulo. No encerramento, dia 14, haverá o “Dia da Mulher Cidadã”, de 8h às 14h, com a Feira de Empreendedorismo, sendo disponibilizados serviços oferecidos pelo Judiciário/CEJUSC, Defensoria Pública e PROCON.

O projeto é promovido pela 2ª Vara de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de São Luís com parceiros institucionais e especialistas convidados que trabalham no enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher. A meta é levar as ações do projeto a 12 bairros de São Luís. A última edição aconteceu na Cidade Operária (9 a 15 de fevereiro).

A juíza Lúcia Helena Barros Heluy, titular da 2ª Vara da Mulher e o servidor do Judiciário, José William Ferreira da Silva, são idealizadores do projeto. Segundo a juíza, o propósito da iniciativa é “aproximar o Poder Judiciário, por meio da a 2ª Vara da Mulher, das mulheres em situação de violência. Vamos levar as principais informações sobre os canais de atendimento que compõem a Rede de Proteção à Mulher”.

Os interessados em participar do Seminário devem se inscrever no endereço eletrônico clicando AQUI… com direito ao certificado de participação.

– Confira a programação completa do Projeto em Álbum de Fotos, abaixo.

– Confira a programação completa do Seminário “Não Morra Maria da Penha” em Álbum de Fotos, abaixo.

Por Helena Barbosa (Assessoria de Comunicação)

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close