BABADO DA SEMANA

Bolsonaro foi cúmplice da fuga de Weintraub

O Presidente da República Jair Bolsonaro mostra a cada dia que entende de "tramóias"

Abraham Weintraub nem tentou disfarçar. Nas últimas declarações antes de deixar o país, o bolsonarista deixou claro que era um fugitivo.

“Agora é evitar que me prendam, cadeião, e me matem”, disse, em entrevista à CNN Brasil. “Estou saindo do Brasil o mais rápido possível”, acrescentou, no Twitter.

LEIA MAIS: Weintraub ocupará cargo que já foi de Pedro Malan

Investigado no inquérito que apura ameaças ao Supremo Tribunal Federal, Weintraub desembarcou em Miami na manhã deste sábado. Ainda era oficialmente o ministro da Educação, com direito a entrar nos EUA com passaporte diplomático.

Poucas horas depois do pouso, Jair Bolsonaro publicou sua exoneração em edição extra do Diário Oficial. Isso mostra que o presidente foi cúmplice da fuga do aliado.

 Por Bernardo Mello Franco (O GLOBO

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo