POLÍTICA

Com apoio de 11 partidos, Roberto Rocha será único candidato a senador da oposição

Após declaração da oposição em apoio a Roberto Rocha, Flávio Dino começa desidratar

Nesta segunda-feira (02), o senador Roberto Rocha (PTB) realizou uma coletiva de imprensa, no Hotel Brisamar, no bairro Ponta D’Areia em São Luís, e anunciou a sua pré-candidatura a reeleição. Com o anúncio de Roberto Rocha, Flávio Dino começa a desidratar automaticamente.

O parlamentar participou do evento com presidentes de vários partidos, dentre eles Marcos Caldas (PROS), Erlanio Xavier (PDT), Vinicius Louro (vice-presidente do PL), Cleber Verde (Republicanos), Aluísio Mendes (PSC), Edilázio Júnior (PSD), Fernando Braide (PMN) e do Agir36.

Representando o PDT e o pré-candidato a governador, Weverton, o presidente da Famem, Erlanio Xavier declarou apoio a reeleição de Roberto. “Anunciamos que o senador Roberto Rocha será candidato à reeleição com o apoio dos partidos que fazem oposição, independente das candidaturas ao governo destes partidos. Nós, do PDT, iremos trabalhar pela eleição do Sendador Weverton para governador e de Roberto para o senado”, disse.

O senador reúne em torno de si 11 partidos: PDT, PTB, PSD, PSC, PL, Agir36, PMN, Republicanos, Avante, Patriotas e Pros. Ainda podem ir para o palanque de Roberto Rocha, PV, Podemos, MDB e União Brasil.

Entre todos os partidos, existem quatro pré-candidatos a governador, sendo eles: Weverton (PDT), Edivaldo Holanda Júnior (PSD), Lahésio Bonfim (PSC) e Josimar Maranhãozinho (PL).

Segundo o senador Roberto Rocha, o combinado é que o candidato a governador que for para o segundo turno terá o apoio dos demais partidos.

Por Clodoaldo Corrêa

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!