ELEIÇÕES

Com apoio de Bolsonaro, Irmão de Davi Alcolumbre perde eleição em Macapá-AP

O paraense Dr. Furlan derrotou irmão de Davi Alcolumbre, que tinha apoio declarado de Jair Bolsonaro

Última das capitais a escolher seu prefeito, Macapá (AP) elegeu neste domingo (20) Dr. Furlan (Cidadania-AP) para comandar a cidade pelos próximos quatro anos. O médico teve 55,67% dos votos, em uma disputa aparteada em que derrotou Josiel Alcolumbre (DEM-AP) (44,33%), irmão do presidente do Congresso, o senador Davi (DEM-AP).

O pleito deste domingo registrou 193.210 votos válidos. Nulos somaram 7.736 (4%) e brancos 3.884 (2,01%). O índice de abstenção foi de 39,99% (99.508).

Natural de Belém (PA), Antonio Paulo de Oliveira Furlan, tem 47 anos e há dez é deputado estadual. Vai dividir a prefeitura com Monica Penha (MDB-AP). A coligação “De coração por Macapá” também recebeu apoio do PMN.

No segundo turno, Patrícia Ferraz (Podemos-AP) e Cirilo Fernandes (PRTB-AP) se juntaram à campanha de Furlan.

Ontem, o médico usou as redes sociais para dizer que a prioridade do governo será a saúde. “Já comecei as articulações e mobilização para trazer a vacina para Macapá o mais rápido possível”, disse.

Adiamento das eleições

O processo eleitoral em Macapá foi adiado por uma decisão conjunta do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) devido ao apagão energético ocorrido em novembro.

Davi Alcolumbre se empenhou na eleição do irmão. Após seguidas visitas ao estado para ajudar na campanha, o presidente do Senado reclamou do adiamento da eleição e cobrou soluções para o apagão que, segundo ele, prejudicou a campanha de Josiel.

Apoio de Bolsonaro

Na última semana, os irmãos Alcolumbre receberam apoio de Jair Bolsonaro. Em vídeo publicado nas redes sociais, o presidente pediu votos para Josiel.

“Em todos os momentos em que o governo precisou do Senado, o Davi nos socorreu. Ele foi um grande parceiro nessa relação presidência da República e Senado Federal. Neste momento, a única coisa que eu posso retribuir ao Davi é que eu peço à você que está indeciso que leve em conta primeiro quem está do outro lado, qual é o senador que está apoiando a outra chapa, que sempre atrapalhou a gente”, disse em referência a Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

“Neste momento eu peço a você do fundo do coração, vote Josiel para prefeito de Macapá”, pediu o presidente.

No primeiro turno, quatro candidatos a prefeito nas capitais apoiados por Bolsonaro saíram derrotados das urnas, incluindo nomes em São Paulo (Celso Russomano), Belo Horizonte (Bruno Engler), Recife (Delegada Patrícia) e Manaus (Coronel Menezes).

Já no segundo turno, o endosso do presidente da República se mostrou novamente ineficaz para eleger um grupo de candidatos. Dos nomes apoiados pelo chefe do Executivo, apenas Tião Bocalom (PP), em Rio Branco (AC) conseguiu se eleger.

Por Mariana Oliveira (Congresso em Foco)

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo