ELEIÇÕES

Com medo de encarar as perguntas de Marco D’Eça, Gilberto Léda e Linhares Júnior, Flávio Dino desiste de sabatina

Para quem lutou na justiça para falar na Mirante, precisa explicar o motivo que o fez "arregar" da sabatina

A incoerência do governador Flávio Dino (PCdoB) na política mostra o resultado de sua gestão. A desistência da sabatina no jornal O Estado do Maranhão na manhã desta quinta-feira (23), mostra uma marca que político não pode ter: O medo de falar para seus principais críticos no jornalismo.

Candidato à reeleição, o governador Flávio Dino seria o quarto entrevistado na Sabatina que está sendo realizada pelo jornal O Estado do Maranhão, sempre no horário das 10h às 11h e tem como entrevistadores os jornalistas Gilberto Léda, Marco D’Eça e Linhares Júnior. Apesar de ter designado representantes para acompanhar o sorteio, Flávio Dino simplesmente “arregou” da Sabatina ao saber das feras que estariam em sua frente.

A forma como Flávio Dino agiu ao deixar os jornalistas na mão, mostra simplesmente o medo do comunista enfrentá-lo diante de perguntas fortes e incisas. A situação se agrava pelos últimos posicionamentos dele nas redes sociais e perante a Justiça Eleitoral para forçar a Mirante chamá-lo para entrevista. Quando foi chamado, “Arregou”.

Nas redes sociais, Flávio Dino reclamava, chorava, implorava e chegou até acionar a justiça para falar na Mirante. A justiça autorizou uma entrevista do Comunista na Rádio Mirante FM, em 96,1 MHZ. E pela primeira vez a justiça pautando um veículo de comunicação no Maranhão.

Em 2014 Flávio Dino fugiu da Sabatina no Sistema de Comunicação de Sarney, na série de entrevistas da Rádio Mirante AM 600 KHZ naquela época. Qual seria o medo de encarar jornalistas do Sistema Mirante? Seriam respostas sem nexos ou falta de fundamentação?

Com a fuga da sabatina, Flávio Dino não terá mais argumento de falar nas redes sociais de que é descriminado, uma vez que “Arregou” das perguntas dos jornalistas políticos do Grupo Mirante, que são críticos e conhecem muito bem a gestão do Governador do Maranhão.

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close