BABADO DA SEMANASÉRIE B

Delis Ortiz volta a seu posto no Jornal Nacional

A filha da jornalista da Globo foi desligada do governo Bolsonaro

A Globo informou ao blog que a jornalista Delis Ortiz voltará a ser a responsável no “Jornal Nacional” pela cobertura dos, assuntos do governo Bolsonaro no Palácio do Planalto. A reviravolta ocorre apenas dois dias depois de a profissional ter sido deslocada para a cobertura do Congresso Nacional.

Delis foi remanejada no JN na segunda-feira (22) após a emissora tomar conhecimento que uma filha dela havia sido nomeada para um cargo na Secretaria-Geral da Presidência da República. Segundo os princípios editoriais da Globo, os seus profissionais “devem evitar situações que possam provocar dúvidas sobre o seu compromisso com a isenção”.

O caso foi noticiado pelo blog no início da noite de segunda-feira. A decisão de recolocar Delis no seu posto original foi tomada na quarta-feira (24) depois de a emissora ser avisada que a contratação da filha da jornalista foi cancelada. Ela teria trabalhado apenas um dia e não teria sido informada dos motivos que levaram ao seu deligamento.

Com data de 23 abril, a portaria de número 368, assinada pelo general Roberto Severo Ramos, publicada no “Diário Oficial da União” do dia seguinte, torna “sem efeito” a portaria 358, de 15 de abril. Trata-se, justamente, do ato que trazia a nomeação da filha de Delis para um cargo como assistente-técnico na coordenação-geral de relações públicas da Secretaria-Geral da Presidência da República (SGPR).

Pedi um esclarecimento à SGPR, que tem status de ministério, no meio da tarde desta quarta-feira e aguardei uma resposta, que não veio, até a manhã desta quinta-feira (25). Caso haja alguma explicação oficial sobre o que ocorreu, será incluída no texto.

Por Maurício Stycer

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close