NOTÍCIAS

Deputado Wellington denuncia prefeito de Peri Mirim por calote em funcionários da saúde

"Profissionais cruzam os braços e vão às ruas reivindicar seus direitos”, denuncia deputado Wellington

O deputado estadual Wellington do Curso (PSDB) utilizou suas redes sociais para denunciar o atraso de salários dos funcionários da saúde que estão paralisando suas atividades por falta de pagamento no município de Peri-Mirim, administrado pelo prefeito Heliezer Soares (PCdoB).

De acordo com o parlamentar, o prefeito Heliezer Soares, que está mais perdido que cego em tiroteio, não sabe explicar a falta de pagamento dos salários e os trabalhadores estão deixando de exercer suas atividades, ficando a população sem serviços os básicos de saúde no município.

“Recebemos diversas denúncias sobre o atraso no pagamento dos salários dos funcionários da saúde de Peri Mirim. De acordo com as denúncias, o prefeito Heliezer Soares não paga os trabalhares que agora paralisarão suas atividades por falta de pagamento”, destacou Wellington.

Segundo Wellington, o prefeito não tem qualquer justificativa para o problema. A paralisação das atividades já atinge diretamente a população do município que está ficando sem ter acesso a serviços básicos de saúde. Se já era ruim antes, agora ficou pior.

“Diante do caso, iremos solicitar esclarecimentos da prefeitura e adotar as providências cabíveis a fim de reestabelecer o sustento de dezenas de famílias que estão sem salário devido a crise administrativa instalada na prefeitura de Peri Mirim”, disse o deputado Wellington.

É unânime a visão da população perimiriense ao comentar a falta de gestão do prefeito Heliezer Soares, que segundo moradores da cidade, o prefeito entregou o comando da prefeitura para meia dúzia de jovens inexperientes, mas que estariam mandando e desmandando na gestão. Segundo denunciantes, Heliezer não tem controle de nada. Não sabe o que entra e muito menos o que sai.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!