POLÍCIA

Duas pessoas foram mortas a tiros em festa em Colinas-MA

As vítimas fatais foram identificadas como Maciel Nascimento e Deidianny Silva

Duas pessoas foram mortas a tiros, na noite dessa sexta-feira (9), na cidade de Colinas, a 489 km de São Luís. As vítimas foram baleadas durante briga em um bar na Avenida Beira Rio, onde era realizada a festa “Tenda do Caldeirão”.

Outro ferido por tiros foi socorrido e levado ao Hospital Socorrão, em Presidente Dutra, onde passou por cirurgia e, de acordo com as informações, não corre risco de morrer.

Os policiais afirmaram que, ao seguirem para o local da ocorrência, cruzaram com um veículo prata em alta velocidade. Eles foram avisados ​​pelos populares que o suspeito teria acabado de sair, em um carro com as mesmas características.

Ao tomar conhecimento da ocorrência, um tenente do 33º Batalhão da PM em Colinas, relatou o seguinte: “Quando a gente obteve uma informação precisa, eu rapidamente cerquei toda a nossa cidade, botei nossas três viaturas espalhadas, botei nossos policiais de moto, fiz duplas, que geralmente guarnições, elas operações de quatro em quatro principalmente a noite quando tem festa, botei as duplas espalhadas por Colinas, entrei em contato com a guarnição de Mirador, de Jatobá, de Fortuna, de Buriti Bravo, de Paraibano, de São Domingos, alertei sobre o carro, solicitei para que os mesmos fizeram barreiras na entrada da cidade com a finalidade de saber se ele estaria entrando lá nessas cidades.”  disse.

“Nós ficamos até agora, até o amanhecer do dia circulando, rodando próximo aos locais onde ele poderia ter ido, os parentes, algum amigo, algum conhecido dele, e até agora a gente está atrás de mais informações pra ver se consegue prender esse suspeito que cometeu este crime bárbaro em Colinas.”

Até o momento, apenas um suspeito do crime foi capturado. O homem foi identificado como Leandro, conhecido como “Garrafa”. Ele aparece em um vídeo jogando um pedaço de madeira em uma das vítimas, que terminou morrendo.

Ele foi apresentado na Delegacia Regional de Presidente Dutra. A polícia trabalha para prender os outros envolvidos na ação criminosa.

Por Gilberto Lima

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo