NOTÍCIAS

“A cultura do Brasil em fazer negócios com a Europa ou América tem sido um tanto quanto com espírito desfalecido”, destacou Francisco Chaguinhas na Tribuna da Câmara

Destacou o parlamentar ao enfatizar que o brasileiro tem complexo de inferioridade em relação aos europeus ou americados

O vereador de São Luís, Francisco Chaguinhas (Podemos), usou a Tribuna da Câmara Municipal nesta quarta-feira (01/12) para destacar o valor que o brasileiro tem, mas foi categórico ao afirmar que nosso povo tem complexo de inferioridade muito grande em relação aos europeus e americanos. Chaguinhas chegou a destacar, que “A cultura do Brasil em fazer negócios com a Europa ou América tem sido um tanto quanto com espírito desfalecido”.

Em uma parte de seu discurso, Francisco Chaguinhas não mediu as palavras e disse que nossos políticos, aqueles que representam o Brasil lá fora, tem complexo de vira-lata. “Somos um país tão rico, e uma população muito pobre. Se nós formos olhar o exemplo que foi Barão do Rio Branco, um dos maiores diplomatas que se teve universalmente, pudemos observar que o Brasil é gigante, porque te homem que pensou grande, assim como Barão do Rio Branco”, destacou o parlamentar.

Continuando com sua análise política, Chaguinhas disse que Barão do Rio Branco foi ainda mais além, do que podemos imaginar. “Barão do Rio Branco sabia, que o Rio Amazonas era uma das maiores riquezas universais, e que esse rio nascia exatamente na Bolívia. Houve uma guerra muito grande entre Brasil e Bolívia, que depois veio o acordo de Petrópolis, colocando o Amapá no mapa do Brasil, para não deixar que o Rio Amazonas fosse um rio internacional”, enfatizou.

Segundo Francisco Chaguinhas, nos últimos anos, os brasileiros (políticos) que estavam no poder, acabavam a imagem do Brasil lá fora, principalmente a partir da grande imprensa. “O Pedro Bial fez uma entrevista com o engenheiro aeroespacial da Alemanha e ele diz o seguinte: eu não sei porquê o povo brasileiro tem tanta vergonha de dizer o que é. O que é bom no Brasil, é escondido. Alberto Santos Dumont, um brasileiro, mudou a linha de raciocínio em termos de negócios aeroespacial”, destacou.

De acordo com a fala do vereador, o Brasil teve outro grande diplomata, que se chamou Osvaldo Aranha, outro brasileiro que fez sucesso como diplomata, nos Estados Unidos. “E aí ficamos aqui no Brasil com políticos, que não tem nenhuma vontade de ver o Brasil desenvolvido, compartilhado com seu povo. “No Brasil, alguns políticos se preocupam apenas com eles. Eles podem ter bilhões e bilhões, mas o resto da população, não pode ter sequer o que comer. Isso acontece neste país”, descreveu Francisco Chaguinhas.

CONFIRA ABAIXO O DISCURSO DO VEREADOR NA ÍNTEGRA:

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!