SAMPAIO CORRÊA

Gerente de futebol do Sampaio pode cair antes do Campeonato Maranhense

Nesta sexta-feira (11) o mandatário impediu o fotografo oficial do Sampaio e discutiu feio com assessor da Bolívia

O gerente de futebol do Sampaio, Ricardo Pereira parece que não conhece a história do Tricolor Maranhense ou de sua torcida. Nesta sexta-feira (11) o mandatário tentando implantar uma nova filosofia na Bolívia, acabou sendo o assunto na imprensa da Capital Maranhense. Por ser arrogante e prepotente, arrumou confusão com quem estava no local, mandando expulsar até quem trabalha na comunicação do clube.

De acordo com o jornalista Afonso Diniz, o tempo fechou durante o treino do Sampaio Corrêa, que estava sendo realizado no CT José Carlos Macieira. A confusão se deu entre o novo gerente de futebol do clube, e Vinicius Bogéa, assessor de imprensa da Bolívia Querida.

Segundo o que o Blog do Afonso Diniz conseguiu apurar, tudo começou quando Ricardo Pereira mandou que o fotógrafo do clube parasse de tirar as fotos do treino, fato que contrariou Vinicius Bogéa. “Não se meta no meu trabalho. Não se meta no meu trabalho. Quem define questões de imprensa do clube sou eu”, repetia o assessor do Sampaio.

Pessoas que testemunharam a discussão chegaram a estranhar a alteração de Vinicius Bogéa, tido como uma pessoa calma e equilibrada, sempre de bom trato com todos. O clima esquentou e pode sobrar para o gente, que nem bem chegou, já quer mandar mais que o presidente Sérgio Frota.

O fato é que o novo gerente de futebol chegou tomando algumas medidas um tanto quanto controversas, como  o repórter da Mirante relatou em um post em seu Blogue, em que o gerente quer interferir em setores que não é de sua competência e por isso tem sido uma das queixas.

No grupo de imprensa do Sampaio, a assessoria já informou que teve uma conversa com o presidente do clube, que  tomará providências quanto ao assunto. A ideia será replanejar todas as diretrizes passadas pelo gerente anteriormente. Alguns treinos específicos serão fechados – o que é normal – mas não em sua totalidade. Assim também como as entrevistas serão mais flexibilizadas.

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close