HOMICÍDIO

GOE prende dois rapazes em Bequimão acusados de homicídio

A prisão aconteceu por volta das 11h30 na MA-106 após denúncia de populares

Uma denúncia de populares levou os policiais do Grupo de Operações Especiais (GOE) do 10º Batalhão da Polícia Militar (BPM) de Pinheiro, com apoio da Viatura da cidade de Bequimão, prenderam na manhã desta segunda-feira (28), por volta das 11h30, dois suspeitos de terem cometido um homicídio na cidade de Pinheiro na noite do último domingo (27).

A prisão dos acusados aconteceu na comunidade Vitório, localizada na MA-106, zona rural de Bequimão. Eles são suspeito de assassinar Emanoel Edson Viegas, conhecido por  “Meio Kilo”, de 29 anos, morador da Rua Francisco Moraes Pinheiro, no bairro de Alcântara, na cidade de Pinheiro, morto a tiros na noite do último domingo (27). O crime aconteceu  no conjunto Minha Casa Minha Vida, localizado no bairro da Bubalina em Pinheiro.

Após uma denúncia anônima informando o paradeiro dos suspeitos e que os acusados do homicídio estariam fugindo em um veículo Ford Fiesta de cor Prata com destino a Cidade de Bequimão. A equipe se deslocou até o local e conseguiu abordar o veículo no povoado Vitório, na MA 106 que liga a cidade de Bequimão.

Ao avistar a viatura,  Diego Bruno Ferreira de Castro, arremessou a arma de fogo que estava em seu poder no meio do mato pela janela do veículo, mas a arma foi encontrada logo em seguida pela guarnição. Dário Marcena Araújo e  Diego Bruno Ferreira de Castro, tentavam fugir em um táxi lotação que transporta passageiros da cidade de Pinheiro para o município de Bequimão, dirigido por José Ribamar Coelho, de 54 anos.

Com os suspeitos foram apreendidos (01) Revólver calibre .38 Nº 72884, 05 munições intactas, (02) mochilas com roupas e (01)  celular J7 preto. Os suspeitos foram apresentados na Delegacia de Polícia com algumas escoriações, que segundos os mesmos sofreram uma tentativa de homicídio na noite de domingo logo após realizarem o homicídio.

Segundo informações da viúva (esposa da vítima) repassada a polícia, o rapaz conhecimento como Dário, vulgo Pica-Pau, efetuou disparos contra a vítima que não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. Os dois devem ser encaminhados para o presídio de Pinheiro.

 

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo