MARANHÃO

Governo do Maranhão quer torrar R$ 14 milhões com aluguel de computadores, scanner e data show

Governo Brandão sendo instruído erradamente e cometendo os mesmos erros de seu antecessor Flávio Dino

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Gestão, Patrimônio Assistência dos Servidores (Segep), realizou um pregão eletrônico, por meio de Ata de Registro de Preços, dando a empresa Microcity Computadores e Sistemas LTDA, exclusividade para abocanhar milhões no Governo Brandão com aluguel de equipamentos eletrônicos.

Assinado no último dia 29 de abril, o certame tem vigência de um ano. Como órgão gerenciador de licitações, a Segep, formalizou a escolha da empresa para contratos com Agerp, Escola de Governo, Imesc, Iterma, MOB, Secom, SECTI, SEMA e UEMA. A pergunta que fica é: como esses órgãos governamentais estavam funcionando nos últimos 7 anos sem esses materiais?

Ou seja, todos estes órgãos estaduais podem contratar com a referida empresa sortuda para alugar computador, nobreack e scanner e data show, por exemplo, em um total de R$ 14.831.184,00 (quatorze milhões, oitocentos e trinta e um mil, cento e oitenta e quatro reais).

Imagine um contrato de R$ 14 milhões no último ano de mandato, vigorando em período eleitoral, para alugar equipamentos de informática com possibilidade de gastar um valor tão significativo e que inclui aparelhos praticamente obsoletos, como scanner, e que podem ser usados inclusive em eventos de campanha, como data show.

É o Maranhão em um novo caminho, que o Ministério Público e muito menos o Tribunal de Contas do Estado  conseguem percorrer para fiscalizar esse tipo de aberração. Mudam-se os atores, mas o espetáculo continua o mesmo.

Por Gláucio Ericeira

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!