MARANHÃO

Greve dos rodoviários já dura mais de 30 dias na Grande Ilha de São Luís

Mesmo após receber milhões do herário público, reajustar passagem, empresários não deram fim a greve

Parece que os prefeitos de São Luís, (Eduardo Braide), Raposa (Eudes Barros), Paço do Lumiar (Paula Azevedo) e São José de Ribamar (Julinho Matos), estão pouco se lixando para quem usa transporte coletivo entre esses municípios da Grande Ilha. A greve já dura mais de 01 mês e nenhum desses gestores se manifesta contra essa greve, principalmente pela redução de ônibus. Todos estão calados. Seria com medo dos empresários? Quem tem rabo preso com os donos de ônibus?

Esta semana mais uma vez fracassou a tentativa de acordo entre empresários e rodoviários do transporte público coletivo na Grane Ilha. Na última sexta-feira (18), foi realizada uma nova reunião, na sede do Tribunal Regional do Trabalho, mas sem nenhum avanço.

Os empresários chegaram a apresentar proposta de reajuste de apenas 3% e somente para os rodoviários do sistema semiurbano e nenhuma proposta para os trabalhadores do sistema urbano (que atuam apenas em São Luís). A proposta foi rejeitada imediatamente pelos rodoviários.

Nem Prefeitura de São Luís, através da SMTT, e nem o Governo do Maranhão, através da MOB, apresentaram propostas de subsídios.

Diante do impasse, que parece interminável, caberá agora ao desembargador Carvalho Neto deve estabelecer o prazo de 10 dias para que as partes contestem a ação. Se não tivermos uma solução, a tendência é que a Justiça decida algo, como por exemplo determinar um percentual de reajuste no salário dos rodoviários que as empresas teriam que cumprir. A Justiça também pode até determinar um novo aumento no valor da tarifa do transporte público. Vale lembrar que a tarifa foi reajustada na Grande Ilha em 0,20 centavos.

Sendo assim, a greve continua e a frota que está rodando atualmente na Grande Ilha é de 60%, segundo o SET, mas passageiros chegam a aguardar até 01 hora no ponto para pegar um ônibus e sempre lotado.

Por Jorge Aragão

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!