BABADO DA SEMANA

Instagram marca como falsa informação publicada no perfil de Bolsonaro sobre mortes por Covid-19

Presidente compartilhou publicação do deputado André Fernandes sobre suposta redução no número de mortes por doenças respiratórias; informação não é verdadeira

O presidente Jair Bolsonaro teve uma publicação no Instagram marcada como informação falsa pela rede social, que é um dos aplicativos da empresa Facebook. Bolsonaro compartilhou um post do deputado estadual André Fernandes (PSL-CE) no qual há um comparativo entre os óbitos por doenças respiratórias em 2019, ano em que o novo coronavírus ainda não circulava, e 2020, já com a pandemia. Mesmo marcado como falso, o post não foi retirado do ar pelo Instagram. Os usuários têm a opção de, após o alerta, acessarem o conteúdo.

Bolsonaro republicou o post de André Fernandes nos stories e escreveu “Todas as vidas importam! Entretanto há algo muito “estranho” no ar!”. A informação da publicação foi checada pela “Agência Lupa”.

Post com informação falsa publicada pelo presidente Jair Bolsonaro Foto: Reprodução

Redes sociaisFacebook vai alertar usuários que interagiram com notícias falsas sobre a Covid-19

De acordo com a publicação, ocorreram menos óbitos por doenças respiratórias desse tipo entre 16 de março e 10 de maio deste ano do que no mesmo período em 2019. A primeira morte confirmada no país de Covid-19 ocorreu no dia 16, primeiro dia analisado da postagem. Segundo o post, os dados foram extraídos do Portal da Transparência do Registro Civil. O texto de imagem foi compartilhado inicialmente em post no Facebook.

Na descrição da imagem, ele escreveu:

“NÃO É  FAKE NEWS! Confira no site do Portal de Transparência de Registro Civil. Mesmo somando os óbitos por coronavírus com as demais doenças, ainda assim é inferior ao número de óbitos por doenças no mesmo período do ano passado no Ceará”.

Fake newsDepois do Twitter, Facebook e Instagram também excluem posts do perfil de Bolsonaro

Segundo a Agência Lupa, que mantém parceria de checagem de dados com o Facebook, além de estarem desatualizados, os números citados no post incluem mortes por outras causas, que não têm nenhuma relação com problemas respiratórios. Após a atualização feita à 0h desta segunda-feira (11), os dados do Portal da Transparência do Registro Civil indicavam 2.808 óbitos por doenças respiratórias no Ceará no período citado em 2019 contra 3.217 em 2020 – ou seja, houve aumento de pelo menos 409 casos no estado, o que equivale a um acréscimo de 14,5% em relação ao registrado no ano passado.

Após a publicação de Bolsonaro ser bloqueada, o deputado André Fernandes publicou um novo post na sua redes social, desta vez, no entanto, omitindo o termo “respiratórias”. Desta vez, ele compara apenas o número de “mortes por doenças”.

O deputado volta a questionar o uso político das mortes por Covid-19.

“Com isso só temos duas conclusões: ou as vidas em 2019 eram menos importantes, ou as mortes em 2020 estão sendo usadas como arma política”.

Por O GLOBO

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo