BABADO DA SEMANA

Jornalista bolsonarista revela possível romance da ministra Damares com homem casado

O babado tomou conta da mídia e do mundo evangélico, já que Damares diz tanto ser a favor da família tradicional

O jornalista bolsonarista, Oswaldo Eustáquio, investigado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no inquérito sobre os atos antidemocráticos, conhecido pela produção de fake news, voltou suas armas contra uma ex-aliada: a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos (MMFDH), Damares Alves. A ministra prega nas redes sociais ser defensora da família. Se caso for verdade a acusação, ninguém mais precisa ser tão defensor da família, igual Damares. As informações são da Revista Veja.

Em uma carta enviada a 30 pessoas, incluindo pastores, em junho de 2021, Eustáquio revela suposto caso amoroso da ministra com o ex-assessor de parlamentares da bancada evangélica Humberto Lúcio Lima, que é casado. Segundo o blogueiro, o romance extra-conjugal teria destruído a família do ex-assessor.

A divulgação do suposto caso repercutiu no meio evangélico. Conselheiro de Bolsonaro, o pastor Silas Malafaia disse que, confirmado, o caso seria motivo de demissão de Damares do governo.

“Tem que ver isso se é verdade, não estou dizendo que é. Mas, se for, ela pode cair”, disse à Veja sobre a ministra, que é cotada por Bolsonaro para ser vice na chapa em 2022.

A carta ainda aponta que o jornalista foi acionado pela própria Damares para perseguir adversários que poderiam assumir o MMFDH, como foi o caso do pastor e deputado Marcos Feliciano. “Damares me ligou e (…) disse que seria importante ‘tirar Feliciano do caminho’”, escreveu Eustáquio, que publicou uma matéria sobre supostos casos de amantes e filhos fora do casamento do político.

O jornalista se diz arrependido. Procurado pela Veja, Feliciano confirmou que Eustáquio o procurou para pedir desculpas. “Como cristão, quando libero perdão, coloco o assunto no esquecimento”, diz o deputado.

Por O Liberal

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo