ELEIÇÕES

Manifestação das mulheres pelo Brasil dá o tom das eleições

O Brasil mostrou a força das mulheres neste sábado nas principais cidades do país

Na tarde deste sábado (29) o Brasil sentiu o peso da mulher, aquela que trabalha, estuda, administra uma família, cuida dos filhos, do marido e muitas que são mãe e pai ao mesmo tempo. Nas principais cidades do país uma multidão participou de ato organizado por mulheres contra o candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), e reuniu mulheres de todas as classes, raças e gêneros. Em São Luís, de acordo com a organização, mais de 10 mil pessoas seguiram em marcha e com palavras de ordem como “Ele Não” e “Bolsonaro Fascista” desde a Praça Maria Aragão até à Praia Grande onde aconteceu a concentração. O evento contou com a participação de artistas, estudantes, movimentos sociais e partidos políticos.

Na cidade do Rio de Janeiro, curral eleitoral de Bolsonaro, a Cinelândia ficou superlotada e reuniu mulheres de todas as classes, seguimentos e comunidades. Parte dos manifestantes deixou a Cinelândia e seguiu em passeata por ruas do Centro do Rio. O ato foi encerrado por volta das 21h. Os organizadores estimam algo em torno de 50 mil manifestantes.

 

O movimento, chamado de #EleNão, foi convocado pelas redes sociais, com o apoio de artistas, durante o mês de setembro. Ao todo, foram 114 cidades com atos contrários e nos bastidores políticos já existe uma força tarefa para tentar amenizar a situação que pode mudar as eleições deste ano. Para quem achava que seria apenas um ato isolado, já pode botar as barbas de molho, a mulher vai fazer a diferença nas urnas este ano.

Em São Paulo, os manifestantes começaram a se reunir no Largo da Batata, na Zona Oeste, por volta das 14h30 no ato “Mulheres contra Bolsonaro”. O evento também contou com o apoio de partidos e movimentos de esquerda. Artistas se apresentaram em um caminhão de som, e barracas vendiam camisetas com a hashtag #EleNão. Quem não pode participar nas ruas acompanhou pelas redes sociais. O certo é que mexeu com uma, mexeu com todas. As mulheres vão ditar o tom destas eleições.

“Estamos em um grande ato, lutando pelo amor, pela democracia, contra o fascismo. Seremos nós que vamos aposentar ele das urnas”, afirmou Thays Campos, presidenta da União Brasileira de Mulheres no Maranhão (UBM-MA).

Os apoiadores de Bolsonaro se concentravam na Avenida Atlântica, em Copacabana, Zona Sul do Rio de Janeiro, na altura do Posto 5. A Polícia Militar acompanhou a manifestação. Por volta das 18h50, o Centro de Operações do Rio informou que as pistas, que estavam ocupadas desde as 14h pelos manifestantes, foram liberadas.

VAMOS CONFERIR COMO FOI O MANIFESTO PELO BRASIL

ACRE

  • RIO BRANCO

A favor de Bolsonaro: O ato começou às 16h17 no horário local (19h17 no horário de Brasília) na entrada do bairro Universitário e seguiu pelas ruas da capital até a Arena da Floresta. Não há uma estimativa do número de participantes.

Contra Bolsonaro: O ato ocorreu durante a tarde no Canal da Maternidade, em frente ao Terminal Urbano de Rio Branco. O ato começou às 16h20 no horário local (18h20 no horário de Brasília). A organização estimou um público de mil pessoas, e a Polícia Militar diz que são de 500 a 800 pessoas presentes no ato. A manifestação acabou às 19h horário do Acre (21h no horário de Brasília).

ALAGOAS

  • MACEIÓ

Contra Bolsonaro: A manifestação reuniu milhares pessoas na orla da Ponta Verde, em Maceió. Pessoas independentes e integrantes de movimentos sociais, sindicais e políticos com faixas e cartazes iniciaram uma caminhada às 16h, da Praça Gogó da Ema, em frente ao antigo Alagoinha, até o Posto 7, na Jatiúca. A organização do movimento diz que 3 mil pessoas participam do ato. A Polícia Militar não informou a estimativa de participantes.

AMAPÁ

  • MACAPÁ

A favor de Bolsonaro: O ato teve início às 16h na Praça Parque do Forte, na região central. A organização não fez uma estimativa do número de participantes. Já a Polícia Militar estimou que mil pessoas foram ao ato.

Contra Bolsonaro: A concentração do ato foi às 16h na Praça Floriano Peixoto, no centro da cidade. A organização diz que 2 mil pessoas estiveram no ato. Segundo a Polícia Militar, foram 1,5 mil manifestantes.

AMAZONAS

  • MANAUS

Contra Bolsonaro: O ato começou às 16h no Largo São Sebastião, no Centro de Manaus. Segundo a organização, 3 mil pessoas compareceram à manifestação. A Polícia Militar não divulgou uma estimativa.

BAHIA

  • SALVADOR

Contra Bolsonaro: O ato do movimento “Mulheres Unidas contra Bolsonaro” começou às 14h30 e começou a dispersar às 18h30. O grupo se concentrou na praça do Campo Grande, centro da cidade, e saiu em caminhada pelo Corredor da Vitória, com destino ao Farol da Barra. Os organizadores disseram que 10 mil pessoas compareceram ao ato. Segundo a Polícia Militar, a manifestação tem cerca de 5 mil pessoas.

  • BARREIRAS

Contra Bolsonaro: A manifestação começou às 17h, na Praça do Coreto, no Centro Histórico. O ato “Todos Contra o Ódio” foi organizado por estudantes universitários e pela população da cidade. A Polícia Militar e os organizadores não divulgaram número de participantes.

CEARÁ

  • FORTALEZA

Contra Bolsonaro: As pessoas começaram a se concentrar por volta das 15h e saíram em caminhada às 16h30. A organização estima que 50 mil pessoas tenham participado do ato. Segundo a Polícia Militar, 12 mil manifestantes estiveram no local.

  • SOBRAL

Contra Bolsonaro: Os manifestantes fizeram um ato até o início da tarde. O grupo percorreu as principais ruas do Centro, a partir da Praça da Coluna da Hora até a Praça de Cuba.

  • JUAZEIRO DO NORTE

Contra Bolsonaro: O ato ocorreu durante a tarde na Praça do Giradouro, que dá acesso a outras duas importantes cidades do Sul do Ceará, Crato e Barbalha. Os organizadores estimaram presença de 3 mil pessoas. A Polícia Militar não divulgou levantamento de público.

DISTRITO FEDERAL

  • BRASÍLIA

Contra Bolsonaro: A concentração no gramado da Esplanada dos Ministérios, em frente à rodoviária do Plano Piloto, começou por volta das 14h30. Mulheres discursaram em trio elétrico e partiram em caminhada às 15h30, em direção à Funarte, passando pela Torre de TV. A Polícia Militar informa que há 7 mil manifestantes. A organização ainda não divulgou uma estimativa.

ESPÍRITO SANTO

  • VITÓRIA

Contra Bolsonaro: A concentração dos manifestantes começou às 14h, na Praça do Papa, em Vitória. Os participantes saíram em passeata, em direção à Praça dos Desejos. A organização ainda não informou a quantidade de manifestantes. Já a Polícia Militar informou, às 16h20, que há 2 mil pessoas no local.

  • CARIACICA

A favor de Bolsonaro: Uma passeata saiu do estádio Kléber Andrade, em Cariacica, na Grande Vitória, às 14h45 deste sábado. O grupo seguiu com destino a Campo Grande, onde chegou por volta das 15h40. A organização não informou a quantidade de participantes. A PM também não enviou uma estimativa.

GOIÁS

  • CATALÃO

Contra Bolsonaro: Os manifestantes se reuniram Praça Marca Tempo, no Centro da cidade, às 15h. O ato terminou por volta das 16h30 na Praça Getúlio Vargas, também na região central. A organização estima que mil pessoas tenham ido ao ato.

  • JATAÍ

Contra Bolsonaro: O ato começou às 12h30 na Praça Tenente Diomar Menezes, no Centro da cidade. Segundo a organização, 300 pessoas estiveram na manifestação.

  • ANÁPOLIS

Contra Bolsonaro: A manifestação teve início às 16h na Praça do Ancião, no Centro da cidade. O protesto ocorreu até por volta das 19h, no Parque Ipiranga. Não há estimativa do número de manifestantes.

MATO GROSSO

  • CUIABÁ

Contra Bolsonaro: A manifestação ficou concentrada na Praça Ulisses Guimarães, na Avenida Historiador Rubens de Mendonça (CPA), em Cuiabá. Pessoas independentes e integrantes de movimentos sociais, sindicais e políticos com faixas e cartazes se reuniram às 16h. Mesmo com chuva forte, o grupo permaneceu no local. A Polícia Militar acompanhou o protesto de longe, mas não enviou uma estimativa de participantes. A organização do movimento contabilizou mais de mil pessoas na manifestação.

MATO GROSSO DO SUL

  • CAMPO GRANDE

Contra Bolsonaro: O ato começou às 15h na Praça Cuiabá, no Centro da cidade. A organização estima que 4 mil pessoas tenham participado do ato. A Polícia Militar não divulgou estimativa. A manifestação terminou por volta das 20h.

  • CORUMBÁ

A favor de Bolsonaro: Uma carreata ocorreu por volta das 17h na Rua Porto Carreiro, na região central da cidade. A Polícia Militar estima que 15 mil pessoas tenham participado da carreata. A organização não divulgou uma estimativa.

  • DOURADOS

Contra Bolsonaro: Os manifestantes se reuniram na Praça Antonio João, no centro da cidade, das 15h30 às 16h. Segundo a organização, foram 1,5 mil participantes. A Polícia Militar não divulgou estimativa.

MINAS GERAIS

  • BELO HORIZONTE

Contra Bolsonaro: O ato começou por volta das 14h na Praça Sete, no centro de Belo Horizonte. Manifestantes se concentraram no monumento chamado Pirulito, fechando o cruzamento das Avenidas Afonso Pena e Amazonas. Depois seguiram para a Praça da Estação, acompanhando um trio elétrico. O ato seguiu no local até as 18h30. A Polícia Militar não divulgou estimativa de participantes. A Frente Brasil Popular Minas informou que esteve à frente da organização do ato com mais 25 blocos de carnaval e 40 organizações, como coletivos, sindicatos e partidos. Segundo a Frente Brasil Popular Minas, o protesto reuniu mais de 100 mil pessoas.

  • DIVINÓPOLIS

A favor de Bolsonaro: A carreata terminou por volta das 14h, após passar pelos bairros Manoel Valinhas, Niterói, pela Avenida Primeiro de Junho (centro) e pela Rua Goiás. O ato acabou na Praça da Bíblia, no bairro São José. Segundo a organização, foram 500 veículos. A Polícia Militar não divulgou estimativa.

Contra de Bolsonaro: Os manifestantes saíram da Praça do Santuário, na região central, e percorreram a Rua São Paulo, sentido a Avenida Primeiro de Junho. Depois, o grupo retornou para a praça. O ato terminou por volta das 17h na Praça do Santuário. A organização diz que de 300 a 400 pessoas foram ao ato.

  • JUIZ DE FORA

Contra Bolsonaro: Os manifestantes se concentraram no Parque Halfeld, no Centro, desde as 11h. Depois, seguiram por diversas ruas do Centro da cidade e foram para a Praça Antônio Carlos. A organização estima que 30 mil pessoas tenham participado do ato. A Polícia MIlitar não passou números.

  • TRÊS PONTAS

A favor de Bolsonaro: Houve uma carreata com saída da Praça Cônego Vitor, por volta do meio-dia. Os carros percorreram ruas centrais. A carreata acabou por volt adas 14h. Não há estimativa de participantes.

  • UBERLÂNDIA

Contra Bolsonaro: O ato começou às 14h na Praça Tubal Vilela,no Centro. A previsão era que a manifestação terminasse por volta das 16h, após uma passeata. Não há estimativa de participantes.

PARÁ

  • ABAETETUBA

Contra Bolsonaro: A concentração foi às 16h30 na Praça do Barco. A organização diz que 700 pessoas foram ao ato. A Polícia Militar não divulgou estimativa.

  • ALTAMIRA

A favor de Bolsonaro: O ‘buzinaço’ pelo centro da cidade ocorreu por volta das 16h e terminou às 18h. A organização diz que 300 pessoas participaram do ato. A Polícia Militar não divulgou uma estimativa.

Contra Bolsonaro: Os manifestantes se reuniram em frente ao campus da UFPA das 16h30 às 19h. A organização afirma que 500 pessoas foram ao ato. A Polícia Militar não divulgou uma estimativa.

  • BELÉM

A favor de Bolsonaro: Houve uma carreata com saída de Icoaraci, mas a organização não informou o percurso. O ato teve início às 17h. Não há estimativa de participantes.

Contra Bolsonaro: A concentração do ato foi às 16h no Mercado de São Brás. As pessoas fizeram uma caminhada até a Aldeia de Cultura Amazônica Davi Miguel, no bairro da Pedreira. A organização informou que 15 mil pessoas participam da manifestação. A Polícia Militar não divulgou estimativa.

  • ITAITUBE

Contra Bolsonaro: Os manifestantes se reuniram às 17h na Orla de Itaituba. A previsão era que o ato terminasse às 21h30. Não há estimativa de participantes.

  • MARABÁ

Contra Bolsonaro: O ato começou às 17h na Praça da Prefeitura com previsão de caminhada até o Shopping Pátio Marabá. Mil pessoas participam da manifestação, segundo a organização. A Polícia Militar não divulgou estimativa.

  • SANTARÉM

A favor de Bolsonaro: Os apoiadores do presidenciável se reuniram às 17h na Praça de Eventos Bíblico Cultural Silas Brum. Não há estimativa de participantes.

Contra Bolsonaro: A manifestação começou às 17h na Praça Monsenhor José Gregário (Praça da Matriz). As pessoas ainda devem percorrer a orla da cidade durante o protesto. Não há estimativa de participantes.

  • TUCURUÍ

Contra Bolsonaro: O ato começou às 17h30 na Praça do Rotary. A previsão era que a manifestação terminasse às 21h30. A organização diz que 300 pessoas foram ao ato. A Polícia Militar não divulgou estimativa.

PARANÁ

  • CURITIBA

Contra Bolsonaro: A concentração do ato foi por volta das 16h na região central, próximo à Confeitaria Boca Maldita. O fim do ato ocorreu na Praça Santos Andrade, por volta das 19h30. Foram cerca de 50 mil pessoas, segundo a organização. A estimativa da Polícia Militar foi de 5 mil manifestantes.

  • MARINGÁ

A favor de Bolsonaro: A manifestação teve início às 13h, na Praça Salgado Filho, e terminou às 17, na Praça da Catedral. Não há estimativa de público.

Contra Bolsonaro: O ato começou às 14h, na Praça Renato Celidônia, ao lado da prefeitura. Segundo a organização, 4 mil manifestantes estiveram no local. A Polícia Militar não divulgou uma estimativa.

PARAÍBA

  • JOÃO PESSOA

A favor de Bolsonaro: O ato começou por volta das 16h, na Praça da Independência, no Centro de João Pessoa, e terminou por volta das 17h30. Até as 20h30, a organização e a Polícia Militar não tinham divulgado uma estimativa de participantes.

Contra Bolsonaro: A concentração aconteceu na Praça da Paz, no bairro dos Bancários. O ato começou às 15h e terminou por volta das 20h. Segundo a organização, a estimativa é que 20 mil pessoas tenham participado. A Polícia Militar não divulgou estimativa.

  • PATOS

A favor de Bolsonaro: A concentração começou às 17h e, por volta das 18h, uma carreata saiu do bairro Bivar Olinto em direção ao Terreiro do Forró, localizado no bairro Brasília. Um trecho da BR-361 foi interditado. Até as 18h30, uma estimativa de participantes não tinha sido divulgada e até as 20h20 o grupo estava concentrado no Terreiro do Forró.

PERNAMBUCO

  • CARUARU

Contra Bolsonaro: Os manifestantes se reuniram a partir das 14h, na frente do INSS. A previsão é que o ato terminou por volta das 17h30 no Marco Zero da cidade. A Polícia Militar informou que a manifestação reuniu 700 pessoas.

  • RECIFE

Contra Bolsonaro: A concentração na Praça do Derby, no Centro da capital, começou às 14h. A passeata contra Bolsonaro teve início às 16h. O ato foi encerrado por volta das 18h50 na Praça da Independência, no bairro de Santo Antônio, na área central do Recife. A estimativa dos manifestantes é de 20 mil pessoas, segundo a organização do evento. A Polícia Militar de Pernambuco não informa estimativa de público em eventos.

PIAUÍ

  • TERESINA

A favor de Bolsonaro: O ato a favor do presidenciável também teve início às 16h, na avenida Marechal Castelo Branco, Zona Norte de Teresina. Os manifestantes fizeram uma carreata passando por bairros da região. A organização acredita que pelo menos 500 veículos, entre carros e motos, participaram.

Contra Bolsonaro: Os manifestantes se concentraram na Praça da Liberdade, no Centro da capital, às 16h, e percorreram a Avenida Frei Serafim até a praça Francisco das Chagas Júnior. De acordo com a organização, 5 mil pessoas acompanharam a passeata. A manifestação encerrou às 19h, seguida de apresentações de artistas locais.

RIO GRANDE DO NORTE

  • NATAL

Contra Bolsonaro: O protesto começou por volta das 15h no cruzamento das avenidas Bernardo Vieira e Salgado Filho. Os cruzamentos próximos foram fechados pela Secretaria Municial de Trânsito. O protesto terminou por volta das 18h. Segundo os organizadores, eram 10 mil pessoas. A Polícia Militar não divulgou estimativa de participantes.

RIO GRANDE DO SUL

  • CAXIAS DO SUL

Contra Bolsonaro: A manifestação ocorreu na Praça da Bandeira por volta das 15h. Não há estimativa de participantes.

  • ERECHIM

A favor de Bolsonaro: Motoristas participaram de uma carreata. Depois, houve uma concentração de manifestantes na praça em frente à prefeitura de Erechim. A Brigada Militar de Erechim informou que 5 mil veículos estiveram na carreata a favor de Bolsonaro. A organização não divulgou estimativa de participantes.

  • PORTO ALEGRE

Contra Bolsonaro: A manifestação #EleNão ocorre na tarde deste sábado (29) no Parque da Redenção, em Porto Alegre. O ato tem a presença de candidatos e é pacífico até o momento. A Brigada Militar não divulgou o número de pessoas no ato. A organização informou que 20 mil pessoas participaram do ato.

  • PASSO FUNDO

Contra Bolsonaro: A manifestação começou às 15h. As pessoas caminharam pela principal avenida da cidade até a chamada esquina democrática, no Centro. São cerca de 100 pessoas, segundo a Brigada Militar.

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close