POLÍCIA

Maranhense é assassinada a tiros em Brasília-DF

A jovem teria sido morta pelo amigo do namorado na capital federal

A jovem Andreza Farias Santiago, 22 anos, que era natural de Timon e morava atualmente em Brasília, morreu após ser baleada no último sábado (6) próximo ao Restaurante Comunitário da Estrutural. Ela foi socorrida e levada ao Hospital de Base do DF (HBDF), em estado grave, mas terminou morrendo na madrugada desta segunda-feira (8).

O autor do crime foi identificado como Romberg de Oliveira dos Santos, de 40 anos, amigo do namorado de Andreza. Até a manhã desta segunda-feira, ele continuava foragido.

De acordo com a PCDF, a vítima foi baleada durante uma discussão, que teria sido motivada por ciúmes. O trio bebia junto quando a vítima pediu a moto do amigo do namorado emprestada. Com ciúmes, o companheiro da jovem, Júlio César Gonçalves, de 18 anos, começou a discutir com ela.

No meio da briga, o suspeito tomou parte na briga do casal, pegou uma arma de fogo e disparou contra a mulher.

Júlio César e Andreza

Nas redes sociais, o namorado da vítima lamentou a partida precoce de Andreza e relembrou os últimos momentos com ela, durante a comemoração do aniversário da jovem. O casal estava junto há dois meses.

“Que você esteja em um bom lugar, meu amor. Ainda não estou conseguindo acreditar que aquele psicopata fez isso contigo. Você era uma mulher muito boa. Você tinha um bom coração e jamais faria mal a ninguém”, escreveu.

Andreza deixou uma filha de dois anos de idade. O corpo da jovem será sepultado em Timon.

Sobre o crime

De acordo com as primeiras informações, o casal bebia desde as 20h de sexta (5), em comemoração ao aniversário de Andreza. Em determinado momento, o autor dos disparos chegou e começou a conversar com o casal. Andreza pediu a motocicleta de Romberg emprestada para comprar cigarros, o que teria irritado o namorado.

Quando o companheiro de Andreza entrou em casa irritado, ela foi atrás. Após alguns minutos, ambos voltaram para rua, e Romberg afirmou que a garota fazia isso com o namorado pelo fato de ele ter apenas 18 anos.

Irritada com o comentário, Andreza partiu para cima de Romberg, e ambos rolaram no chão. A briga acabou apartada pelo namorado da jovem.

Romberg deixou o local após dizer que não desejava ver outra vez o casal. Passados poucos minutos, no entanto, o suspeito retornou armado, gritando que Andreza não deveria fazer aquilo com ninguém, pois “na cara de homem não se bate”. Logo em seguida, ele abriu fogo contra a jovem.

Por Gilberto Lima

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!