MARANHÃO

Morre aos 66 anos o jornalista e radialista Djalma Rodrigues

O comunicador é mais uma das milhares de pessoas vítima de câncer

Morreu no início da tarde deste sábado (22), em São Luís, o jornalista e radialista Djalma Rodrigues, aos 66 anos de idade. A informação foi repassada pela esposa do comunicador, Elineusa Matos Rodrigues. Ele estava fazendo tratamento contra um câncer no hospital Aldenora Belo, em São Luís.
No dia 26 de maio de 2023, Djalma Rodrigues, de 66 anos, revelou, nas redes sociais, que foi diagnosticado com câncer de estômago. “Durante 65 anos, sobrevivi a várias batalhas. Sofri atentado a balas, estive no meio de tiroteio, sofri acidentes de trânsito, incluindo um capotamento que quase me deixa sem escalpo, fora a luta diária pela sobrevivência. Agora, estou iniciando talvez a mais árdua dessas batalhas. Um mergulho no desconhecido, por conta do diagnóstico de câncer de estômago. Mas tenho ao meu lado um forte exército, formado pela família e pelos amigos, todos bem municiados de fé e esperança. Vamos vencer!”, escreveu Djalma.
No dia 18 de janeiro deste ano, o jornalista anunciou o fim do ciclo de quimioterapias contra o câncer. “Fim do ciclo quimioterápico, no Hospital Aldenora Bello, na manhã de hoje. Só tenho a agradecer pela força emanada de Deus e pelo atendimento de excelência dispensado por parte de toda equipe. Tratamento de competência e extremamente humanizado.”
No dia 3 de maio deste ano, Djalma revelou que estaria retornando à quimioterapia, no Hospital Aldenora Belo, pois o câncer havia reaparecido no peritônio. “No próximo dia 11 estarei de volta ao Aldenora Bello, palco de uma batalha contra o câncer que me escolheu como uma de suas milhares de vítimas. Chegou obrigando a retirar o estômago. Agora, na recidiva, se alojou no peritônio. Com fé em Cristo e apoio desse exército de amigos, estou pronto para esse grande desafio”, escreveu o jornalista.
Em sua última postagem no facebook, em 11 de maio, o jornalista escreveu: “Sob as bênçãos de Deus iniciamos, neste sábado, mais um ciclo de quimioterapia. Tudo transcorreu dentro da normalidade.”
Djalma Rodrigues foi assessor da Câmara Municipal de São Luís, trabalhou como locutor na extinta Rádio Capital AM, editor do jornal Atos e Fatos, consultor de comunicação da Famem, blogueiro, além de outras atividades na área da comunicação.
Por Gilberto Lima
Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo