TRISTE

Morre em Portugal, a jornalista Gina Lisboa

Gina era ex-assessora do Grupo Grita do Anjo da Guarda em São Luís-MA

A jornalista Gina Lisboa faleceu na noite desta última quarta-feira (23), em Lisboa, Portugal, onde fazia mestrado em comunicação. A maranhense estava internada desde o dia 23 de dezembro após sofrer um acidente vascular cerebral hemorrágico.

Gina Lisboa trabalhou na capital maranhense, por mais de 10 anos, como assessora de comunicação do Grupo de Teatro Grita e atuou também na área da comunicação do Conselho Regional de Enfermagem, do Governo do Maranhão e na Pastoral da Comunicação do Santuário Nossa Senhora da Conceição.

Gina era filha do casal Cláudio Silva e Maria José, que faz parte da equipe que fundou o Grupo Independente de Teatro Amador (Grita), no bairro Anjo da Guarda, em, meados da década de 1970, incluindo este o blogueiro Mauro Jorge Garcia.

Maria José, mãe da falecida chegou a Portugal há mais de uma década, como mestranda. Conseguiu emprego e posteriormente levou toda a família para aquele país europeu. Os amigos do Grita celebrarão uma missa,  nesta sexta-feira (27),  em sufrágio da alma de Gina na Igreja Nossa Senhora da Penha, no Anjo da Guarda. Ela será  sepultada em Lisboa.

As entidades comunitárias da Associação Comunitária Itaqui-Bacanga (ACIB), e Federação das Entidades da Área Itaqui-Bacanga (FEIBA) emitiram nota, lamentando o falecimento da jornalista maranhense.

NOTA DE PESAR FEIBA


“É com muita tristeza que a Federação das Entidades da Área Itaqui Bacanga (FEIBA), recebe a notícia do falecimento da jornalista, Gina Lisboa”. Pedimos a Deus para que família tenha forças e consiga superar esta irreparável perda.



Mauro Jorge Garcia
Presidente da FEIBA

NOTA DE PESAR ACIB

Ivan Júnior-presidente da ACIB

Por Mauro Garcia

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close