BABADO DA SEMANA

O desabafo do professor Ruy Jobim

O texto mostra sua indignação após discurso criminoso de Jair Bolsonaro

O professor de comunicação da Escola de Rádio do Rio de Janeiro-RJ, radialista Ruy Jobim, desabafou em sua rede social Facebook após assistir o discurso criminoso do presidente da República Jair Bolsonaro, que desdenha do COVID-19 o chamando de “gripezinha” e espalhou aos 4 cantos do Brasil em rede nacional de televisão algo que a Vigilância Condena, além de desmentir o próprio ministro de seu governo, Mandetta. O discurso foi repugnante e fez com que Ruy Jobim usasse sua rede social para desabafar sobre o tema. SEGUE ABAIXO O DESABAFO DE RUY JOBIM NA ÍNTEGRA.

Nunca coloquei aqui minha opinião política. Estou há semanas com minha garganta presa e entalada pra falar sobre isso. Eu preciso gritar. Se você concorda com esta “coisa” que colocaram na presidência peço por favor que me esqueçam. Não há como concordar com esse ser repugnante que não tem a mínima condição de ser sindico de seu prédio. Seus filhos mimados e irresponsáveis precisam sumir do mundo. Não é possível que você seja meu “amigo”. Desfaça a nossa amizade. Mas por favor não me mande recado. Apenas me esqueça!!!!!! Se não o fizer eu faço!!! Acho que passei da hora de falar sobre isso. Não posso ser amigo de alguém que concorde com esse ser repugnante e ignorante. Se algum aluno da Escola de Rádio se sentir afetado com esse post, por favor rasgue nosso contrato. Saia de minhas aulas!! Preciso estar conectado com pessoas do bem” (Ruy Jobim).

ARTIGOS RELACIONADOS

2 COMENTÁRIOS

  1. Mas quem chamou o Coronavírus de “gripezinha” foi o Dr. Dráuzio Varella na Globo. Bolsonaro fez um deboche em cima dessa declaração.

    1. Bolsonaro é um papagaio, assim como suas saúvas. Um chefe de estado se comporta como um encarregado de obras. Se ele tem um ministro técnico, deveria que repreendido o médico, que há poucos dias foi achincalhado pelos Bolsonaristas, agora virou referência para encobrir as merdas que o camarão de viveiro fala

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close