BABADO DA SEMANA

Obra de Edivaldo Holanda Jr derrete no Anel Viário

A obra foi inaugurada às pressas e a validade já venceu em menos de 60 dias

A reforma da rampa Campos Melo, incluindo todo o complexo do circuito de carnaval do Anel Viário foi entregue em dezembro, ainda inacabado, pelo então prefeito Edivaldo Júnior (PDT).

Dois meses depois, a construtora Ducol, empresa que faturou alto na gestão Edivaldo Holanda Júnior, vai ter que refazer todo o serviço, levado como areia pelas chuvas de janeiro e fevereiro, menos de dois meses depois de inaugurado.

Fruto do pacote de obras de Edivaldo Júnior na reta final do seu mandato, a obra consta de recuperação de toda as rampas de transporte coletivo, construção de uma praça com área de skate e reforma de todos os quiosques, com novo traçado de avenidas.

Os quiosques nunca foram entregues e agora estão comprometidos com a qualidade da obra, levada pelas chuvas de janeiro e fevereiro

Mas nem tudo foi entregue a tempo.

E o que foi liberado ficou destruído com as chuvas de janeiro e fevereiro, como mostram as imagens que ilustram este post, feitas no início da tarde desta sexta-feria, 19.

Verdadeiras crateras tomam conta da avenida, impedindo o fluxo normal de trânsito em meios às chuvas desta semana

Os problemas apresentados na obra transformaram em caos o trânsito na área, com buracos e longos engarrafamentos.

Operários da Ducol estão na área tentando corrigir os problemas, em meio às chuvas que caem em São Luíss desde a última segunda-feira, 15.

Por Marcou D’Eça

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo