ELEIÇÕES

Para manter a palavra, Edivaldo nomeia Chocolate na Semapa

A negociação já se arrastava desde abril de 2018, e faltando menos de 90 dias para as eleições, foi decretada

O Partido dos Trabalhadores (PT) ocupou mais um espaço na administração de Edivaldo Holanda Júnior, com a posse do sociólogo Raimundo Nonato Silva Júnior, o Nonato Chocolate (PT), na Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Pecuária (Semapa). A negociação vinha se arrastando desde abril, mas o governo não acreditava no apoio do Partido dos Trabalhadores na eleição de Flávio Dino.

Chocolate substituiu o vereador Ivaldo Rodrigues (PDT), que assumiu, no mesmo dia, a Secretaria de Articulação Política e Relações Institucionais de São Luís. Na verdade, a gestão de Edivaldo Holanda Júnior e principalmente a população ludovicense perderam com a saída de Ivaldo da Semapa, já que o trabalho estava sendo bem feito. Com a entrada do PT na pasta, a expectativa não é das boas.

Com isso, o PT passa a ter duas secretarias municipais, a de Agricultura e a de Cultura, que tem como secretário o jornalista e petista Marlon Botão. De acordo com as informações de bastidores, Chocolate só foi nomeado porque se adiantou e fez o anúncio de sua chegada, mas o Palácio dos Leões não concordavam e Edivaldo acabou assinando a nomeação quase que forçado para manter a palavra.

O prefeito conseguiu também trazer para perto duas correntes fortes dentro do PT maranhense. Botão é ligado ao presidente municipal do partido, vereador Honorato Fernandes, e Chocolate é mais próximo do presidente estadual, Augusto Lobato, e dos deputados estadual José Inácio e federal José Carlos.

Nos burburinhos da cidade, a notícia que rola é que o PT vai vigiar a Semapa até outubro, quando acontece as eleições.

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close