ELEIÇÕES

Peri Mirim-MA: Geraldo Amorim, arrega, e desiste da reeleição

O atual prefeito de Peri-Mirim corre de um vexame nas urnas dia 15 de novembro

O prefeito de Peri-Mirim, Geraldo Amorim (MDB), sabe que seria humilhado nas urnas nas eleições deste ano. Com medo de levar uma Chibatada de Heliezer Soares (65-PCdoB), o “Dom Bigodon”, zarpou fora enquanto era tempo. Praticamente liquidado na política local, Geraldo Amorim dá a Deus ao sonho de um novo mandato de prefeito.

Beirando os 90% de rejeição na cidade de Peri Mirim, Geraldo Amorim, que ainda registrou a coligação “ É a vontade do Povo” foi o segundo prefeito a desistir da reeleição no município. Geraldo enveredou pelo mesmo caminho do ex-prefeito João Felipe (PT), que em 2016, achou melhor desistir de concorrer, após ser traído por alguns integrantes de seu grupo político. Bem diferente de Geraldo, que mesmo com todo mundo ao seu redor, correu com a “Cangalha” na costa.

O desânimo do atual prefeito a concorrer à reeleição era aparente, depois de uma convenção pífia, Geraldo Amorim nem se quer iniciou a campanha dando claros sinais de desistência. Desanimado, sabendo que seria derrotado dia 15 de novembro, Geraldo achou melhor zarpar fora e concluir seu mandato, que está muito ruim.

Neste domingo (04), o prefeito usou como álibi para dar como satisfação aos poucos aliados, um pedido de impugnação do seu registro de candidatura. Um fato corriqueiro em quase todos os municípios no período eleitoral. Geraldo alegou que não irá recorrer da decisão e achou melhor correr com a “Cangalha” nas costas.

Tentando uma saída honrosa, Geraldo reuniu os remanescentes de seu grupo político e anunciou apoio ao atual vice-prefeito da cidade, Gilmar Pereira (Cidadania), que havia rompido há quase 2 anos e também é candidato a prefeito de Peri-Mirim.

Por Vandoval Rodrigues

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo