MARANHÃO

Pinheiro-MA: Pesquisa mostra que candidato de Luciano Genésio, Kaio Hortegal também fracassou e soma apenas 12% de intenção de votos

Prefeito de Pinheiro na tentativa de se manter no poder, já havia anunciado a ex-esposa Thayza Hortegal, mas acabou retirando da disputa por conta da grande rejeição e colou o irmão Kaio Hortegal, que também fracassou

Uma pesquisa do Instituto Inop Previsão – Pesquisas, Serviços e Publicidades, encomendada pelo Jornal O Imparcial, fez o levantamento no município de Pinheiro, o maior da Baixada Maranhense e mostrou que os pinheirenses não acreditam mais em Luciano Genésio e não votam mais em candidatos apoiados pelo atual Prefeito de Pinheiro.

O levantamento, registrado na Justiça Eleitoral sob o nº 09195/2024, atestou liderança isolada do empresário André da Ralpnet, com quase o dobro do segundo colocado e apontou que o candidato de Luciano Genésio, o médico Kaio Aguiar Hortegal, ex cunhado do ainda prefeito Luciano fracassou, assim como a irmã Thaiza Hortegal, somando apenas 12% da intenção de votos. Por não confiar em seus “aliados”, o projeto do herdeiro de Zé Genésio para tentar se manter no poder, a partir de 2025, fracssou pela segunda vez seguida.

Após acordar, e entender que política é bem mais séria, do que vem acontecendo em Pinheiro nos últimos anos, os pinheirenses mostram em pesquisa, que depositam suas esperanças em André da Ralpnet. No principal cenário estimulado, o empresário aparece com 45,57% das intenções de voto. Na segunda posição, mas muito longe, aparece João Batista Segundo, somando apenas 25,99%.

 

Já o irmão da ex-deputada Thaiza Hortegal, ex esposa de Luciano Genésio, Kaio Hortegal, somou apenas 12,81%, mostrando que a rejeição de Luciano é astronômia e pode amargar uma derrota acachapante, caso insista em testar membros da família Hortegal como solução de poder para a família Genésio.

Kaio Hortegal só consegue ficar à frente de Geraldo Júnior, que soma 2,82%; Coronel Senilson, que cravou apenas 2,45%); Filho do Coqueiro, que somou 2,07%; e Professor Dimas, que chegou a 1,69%.

A pesquisa mostra que 0,94% não vota em Nenhum dos pré-candidatos acima e 5,66% não souberam ou não responderam os questionamentos.

Texto: Gláucio Ericeira

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo