BABADO DA SEMANA

Polícia Federal explica como funcionava o esquema de desvio das emendas

A máfia poderia se estender para municípios onde Josimar elegeu prefeitos em 2020

A Polícia Federal explica como funciona o esquema de desvio de emendas parlamentares no Maranhão. O crime vinha sendo investigado pela PF e foi desbaratado durante operação que culminou com várias pessoas presas na semana passada. A operação aconteceu após denúncia do prefeito de São José de Ribamar, Eudes Sampaio, que estava sendo ameaçado por agiotas ligados aos donos das emendas.

Segundo apurado pela Polícia Federal, o deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) teria destinado emendas parlamentares, no montante R$ 15 milhões, para os municípios do interior do Estado do Maranhão, seu reduto eleitoral.

Os Fundos Municipais de Saúde, ao receberam os recursos, firmaram contratos fictícios com empresas “de fachada”, pertencentes ao Deputado do Partido Liberal, que estão em nome de interpostas pessoas, desviando, assim, o dinheiro público.

Posteriormente essas empresas efetuaram saques em espécie e o dinheiro era entregue ao deputado Josimar, no seu escritório regional parlamentar em São Luís.

Por Diego Emir

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo