POLÍCIA

Polícia investiga causa da morte de Advogado

O advogado criminalista e ex-vereador João Damasceno foi encontrado morto às margens do Rio Anil

Em entrevista à rádio Mirante AM, o delegado Jeffrey Furtado, titular da Superintendência Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), falou sobre a morte do advogado criminalista e ex-vereador João Damasceno, o qual foi encontrado morto, nesta quinta-feira (2), nas proximidades da Vila Gorete, próximo a ponte Bandeira Tribuzi, em São Luís.

Segundo o delegado Jeffrey Furtado, os familiares afirmam que por volta das 18h dessa quarta-feira (1º), o advogado saiu da sua residência dizendo que ia caminhar no Parque do Bom Menino, mas não retornou para casa, o que deixou a família apreensiva.

“Os parentes de João Damasceno registraram uma ocorrência de desaparecimento e, na manhã desta quinta (2), recebemos o sócio do advogado, o qual nos pediu para investigar o caso. Quando nós pegávamos o depoimento dele, tivemos informações de que o corpo do Damasceno havia sido encontrado preso à vegetação do Rio Anil, perto da ponte Bandeira Tribuzi. O corpo, que estava em um local de difícil acesso, foi retirado pelos bombeiros”, explicou o titular da SHPP.

Ainda segundo Jeffrey Furtado, foram iniciadas as investigações para saber exatamente o que aconteceu com o advogado, se foi acidente, homicídio ou suicídio.

“O sistema de monitoramento da SMTT (Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes), na ponte do São Francisco, capturou imagens de uma pessoa saltando da ponte por volta das 18h30 dessa quarta (1º). Segundo os familiares de João Damasceno, a pessoa que aparece no vídeo se assemelha muito com o advogado, mas isso ainda será investigado. Estamos aguardando os laudos do IML e o exame pericial do Icrim para esclarecer exatamente o que aconteceu”, disse Jeffrey Furtado.

O delegado explica, ainda, durante a entrevista, que existem lesões no corpo do advogado que são características de quem morreu dentro da água, mas isso tudo será esclarecido com os depoimentos das testemunhas e verificação dos laudos. O fato já está sendo investigado pelo 9º DP, no bairro do São Francisco, já que o caso aconteceu na jurisdição desse Distrito Policial.

DR. DAMASCENO

Além de advogado criminalista, João Damasceno era professor universitário de história, militante político, chegando a assumir, na condição de suplente  de vereador, uma cadeira na Câmara Municipal de São Luís. Era também um colaborador em programas jornalísticos no rádio. Por muito tempo, apresentou um programa ao lado do saudoso radialista Renato Sousa, na Rádio Capital AM.

Por Imirante

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!