BABADO DA SEMANA

“Posto Ipiranga” de Bolsonaro está na corda bamba

Paulo Guedes não conseguiu convencer Bolsonaro como deveria funcionar o mercado de combustíveis

Após o super Sérgio Moro, que saiu da barca antes que afunde, o próximo ministro a deixar o governo Bolsonaro deve ser o “Posto Ipiranga”, como foi batizado Paulo Guedes pelo presidente da República Jair Bolsonaro. Segundo fontes do Palácio do Planalto, a situação de Guedes não é nada fácil e pode ser destituído para dar lugar a um integrante do Centrão. A desculpa de Bolsonaro para demitir Guedes deve ser a crise econômica instalada em seu governo e a alta inflação no Brasil.

Em reunião com o padrão, Paulo Guedes passou vergonha ao mostrar que sabe tudo, menos de economia. No fim das contas, deu-se um paradoxo: o “Posto Ipiranga” não conseguiu convencer Jair Bolsonaro sobre como deveria funcionar o mercado de combustíveis numa economia liberal. Resta saber se a vergonha será paga no crédito ou no débito.

A saída de Paulo Guedes destruiria o governo Bolsonaro definitivamente e abriria portas para o Centrão comandar a gestão federal, que tem fracassado em tudo: Saúde, educação, meio ambiente, economia, infraestrutura e habitação. Com o pé de meia feito, Guedes pouco está preocupado com Bolsonaro ou com o Brasil. O liberalismo de Paulo Guedes, liberou geral.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo