MARANHÃO

Prefeito de Igarapé do Meio-MA deixa população sem água na torneira

Enquanto igarapeenses buscam água no balde em outras regiões, Almeida Sousa faz campanha com a esposa Solange Almeida

A população de Igarapé do Meio-MA paga muito caro pela escolha de um forasteiro para administrar o município. O atual prefeito Almeida Sousa (PL), que mora na cidade de Santa Inês, pouco está preocupado com quem vive no município onde ele diz administrar. Os igarapeenses encontram dificuldades para ter acesso em todos serviços públicos. 

Quem escolheu Almeida Sousa (PL) para administrar a cidade de Igarapé do Meio, precisa pensar, repensar e analisar antes de sair de casa para votar na sua esposa Solange Almeida. Se o município já encontrava dificuldades para entregar um bom serviço público aos munícipes, agora está ficando ainda pior, já que o prefeito Almeida Sousa está se dedicando exclusivamente em tentar eleger a Primeira Dama, deputada estadual nas eleições de outubro de 2022. O caos já toma conta da cidade, com a falta de água, que já dura quase um mês.

De acordo informações apuradas pelo Portal G7, pelos menos dois bairros, Vila Ubiratã e Parque Queirós, vivem uma verdadeira crise hídrica nos últimos 30 adias. Moradores estão sem água realizar suas atividades básicas do dia a dia. Tomar banho naquelas localidades, só se for pegar água no balde há quase 2 KM ou comprar água mineral de quase R$10 reais o galão.

A assessoria de imprensa da Prefeitura de Igarapé do Meio-MA, chefiada por Solange Marketeira, não envia sequer uma nota de esclarecimento, tentando explicar o caos instalado no município. O que caracteriza falta de respeito com os moradores dos bairros afetados.

COBRANÇA DURA DO VEREADOR

O vereador Hélio do Gás reivindicou uma solução para a crise hídrica instalada pelo piauense Almeida Sousa, que tenta administrar Igarapé do Meio e ao mesmo tempo, o município de Pio XII, onde seu irmão, Aurélio da Farmácia é refeito. A briga na Câmara Municipal tem sido grande, já que Hélio é o único vereador de oposição em Igarapé do Meio.

Além da falta de água, o município coleciona números problemas administrativos,como: a falta de remédios e aparelhos nos postos de saúde e hospitais. Falta de merenda escolar, pauta que o site já dedicou espaço, assim como o caso de uma escola de barro, esse com destaque nacional na TV Globo. 

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!