JUSTÍÇA

Prefeito de Peri Mirim foi acionado na justiça após se negar fornecer documentos à CPI

Heliezer Soares faz a pior gestão no município de Peri-Mirim e agora será investigado por uma CPI

Protocolado no último dia 17 de março, na justiça, um pedido para que os documentos e informações requisitadas pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara Municipal de Peri Mirim, sejam entregues e respondidas aos vereadores.

O prazo de 30 dias para que os destinatários das investigações tivesse acesso aos documentos, terminou sem que fossem apresentadas qualquer justificativa sobre o silêncio do prefeito Heliezer Soares.

Com base nos artigos 128, Inciso II e parágrafo único do Regimento Interno da Câmara Municipal de Peri-Mirim, o pedido de liminar foi feito à justiça na manhã do dia 17 de março.

A CPI não mediu esforços para que as informações concretas, para onde o dinheiro público de Peri Mirim foi destinado no ano de 2021 sejam conhecidas.

A partir desse momento, somente o Poder Judiciário poderá fornecer uma resposta tão aguardada pela sociedade perimiriense.

Por Vandoval Rodrigues

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!