MARANHÃO

Prefeito de Peri Mirim quer torrar quase R$ 1 milhão com a compra de material gráfico

Heliezer Soares está cada vez mais sumindo em uma sinuca de bico e pode cair as garras da Polícia Federal

O prefeito do município de Peri Mirim, Heliezer (PCdoB), realizou uma suposta compra de material gráfico de quase R$ 1 milhão, além do valor ser exorbitante, para o município, a péssima gestão do prefeito deixou todas as secretarias inoperantes.

O montante é referente a quatro contratos suspeitos firmados com a Empresa G. C. CALDAS – ME, com sede na capital do estado, São Luís. Os contratos foram distribuídos em secretaria, e juntos somam mais de R$ 900 mil.

Secretaria de finanças e planejamento, R$ 79.264,20 (SETENTA E NOVE MIL DUZENTOS E SESSENTA E QUATRO REAIS E VINTE CENTAVOS).

Secretaria Municipal de Educação, R$ 329.635,74 (TREZENTOS E VINTE E NOVE MIL SEISCENTOS E TRINTA E CINCO REAIS E SETENTA E QUATRO CENTAVOS).

Secretaria de Saúde, R$ 363.998,00 (TREZENTOS E SESSENTA E TRÊS MIL E NOVECENTOS E NOVENTA E OITO REAIS).

Secretaria de Assistência Social R$ 128.000,85 (CENTO E VINTE E OITO MIL REAIS E OITENTA E CINCO CENTAVOS).

As informações são do Diário Oficial. O caso será denunciado no Ministério Público, Policia Federal e demais órgãos. Veja os contratos abaixo.

Ministério Público precisa agir urgentemente, ou o município terá problemas sérios com tanto derramamento de dinheiro público em contratos suspeitos. É hora da Polícia Federal começar a investigar.

Por Vandoval Rodrigues

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!