BABADO DA SEMANA

Prefeito Eduardo Braide gasta R$7 milhões só com adesivos para lixeiras

O deputado Duarte Júnior falou em entrevista na rádio Nova FM, que Braide gasta mais com adesivos, que no combate a Covid-19

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide, está imitando o ex-prefeito Edivaldo Holanda Júnior e vive em uma disputa cruel com Flávio Dino para saber quem gasta mais dinheiro com publicidade na TV Mirante. Além de desperdiçar dinheiro público com propagadas vazias, Eduardo Braide gastou R$ 7 milhões só com adesivos para colocar em lixeiras na cidade. Este foi o valor empenhado pela Prefeitura de São Luís, que deveria ser investido na saúde e combate à pandemia, mas Eduardo Braide preferiu colocar literalmente nas lixeiras.

Em noventa dias, o prefeito Eduardo Braide tem publicizado até a vacina que é uma obrigação neste momento de pandemia. Isso mesmo que você leu, o prefeito de São Luís iniciou sua saga com a publicidade na TV Mirante, bem antes de receber a faixa de gestor e a chave da prefeitura. Exatamente dia primeiro de janeiro, no intervalo do Jornal Nacional, a TV de Fernando Sarney, amigo e sócio do secretário Joaquim Haickel, já exibia a logo marca da prefeitura de São Luís, mesmo sem contrato de publicidade.VEJA ABAIXO O DOCUMENTO.

 

Ultimamente no Diário Oficial do Município tenho observado contratos milionários, algo desnecessário em tempos de pandemia. Além disso, nomeações duvidosas, como as que vamos publicar em uma Série de Matérias aqui no Portal G7. São números mirabolantes em tempos de pandemia, algo muito criticado pelo próprio Eduardo Braide quando ainda sonhava ser prefeito.

Literalmente Eduardo Braide está colocando milhões de reais nas lixeiras de São Luís. Um disparate diante do cenário que estamos vivendo. A denúncia foi feita na Rádio Nova FM, no programa Questão de Ordem, pelo deputado estadual Duarte Júnior.

“Enquanto isso, nenhuma informação sobre a quantidade de leitos, quantos desocuparam, quantos estão ocupados, entre outros dados. Nada. Para a saúde, nada”, destacou o deputado do Republicanos.

Estas informações, inclusive, foram solicitadas pelo deputado tanto para o prefeito Eduardo Braide quanto para o governo do Estado, e apenas o secretário estadual Carlos Lula tem enviado dados sobre a situação dos leitos. Já o secretário do município de São Luís, Dr. Joel Nunes Jr está no mais completo silêncio sobre o assunto.

Para quem tem pedido paciência nas cobranças ao prefeito, deve observar esses gastos com propaganda e lixeira, enquanto muitos morrem na espera por um leito. Porque para isto, nem mesmo apenas 100 dias de gestão são desculpas plausíveis. O dinheiro das lixeiras deveria ser revestido em cestas básicas para famílias carentes de São Luís, mas a ganância pelo poder faz quem do gestor apenas um ator igual aos demais no palco da política.

Veja mais clicando AQUI…

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo