VACINA

Prefeitos precisam entender que na saúde não tem sábado, domingo ou feriado, a vacinação precisa acontecer todos dias

Vários municípios maranhenses precisam acordar para Jesus e manter a vacinação contra a Covid-19 de domingo a domingo e feriados

Alguns municipios maranhenses, prefeitos e secretários de saúde ainda não acordaram para Jesus sobre a importância de vacinar. Na grande maioria dos municípios a vacinação acontece apenas de segunda a sexta-feira, deixando os sábados, domingos e feridos de folga. Essa atitude está colocando o Estado do Maranhão nas últimas posições em imunização no Brasil contra a Covid-19, o que acaba atrapalhando a vida dos próprios maranhenses.

A pandemia é uma guerra sem precedentes e os únicos soldados capacitados para entrar nessa luta e batalhar por todos os brasileiros são os profissionais de saúde. No início da guerra tava todo mundo lutando sem munição. Agora que os cientistas descobriram a munição para que os profissionais de saúde saiam vencedores dessa guerra, muitos municípios estão fazendo corpo mole e vacinando a população apenas de segunda a sexta-feira. Sábado, domingo e feriado sempre foi dia útil na saúde, seja ela privada ou pública.

Não adianta guardar vacina no frigorífico, geladeira ou congelador, o melhor local para armazenar a vacina é justamente no corpo humano. Quanto mais vacinar, mais vidas serão salvas. Alguns municípios sequer conseguem bater a meta mínima de 60% de vacinação, o que é afronta à saúde publica. Enquanto isso, o vírus agradece, já que pra ele não tem sábado, domingo ou feriado.

O certo mesmo é vacinar de domingo a domingo e feriado. Se não tem profissionais de saúde na gestão, contrate por temporada, a lei assegura isso. Se tem profissionais contratados, pague horas extras e adicionais, a lei também assegura isso. O momento não é de economizar para salvar vidas ou descansar à beira da piscina com milhares de pessoas sendo contaminadas e morrendo todos os dias.

É claro que existem prefeitos que estão trabalhando incansavelmente para combater a Covid-19, mas é uma minoria nesse universo de 5.570 gestores.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo