BEQUIMÃO

Prefeitura de Bequimão abre a 6ª Semana do Bebê Quilombola

A abertura do evento aconteceu este ano na Comunidade Quilombola de Ariquipá

Uma das Ações Pedagógicas mais aguardadas no município de Bequimão, iniciou neste domingo (25) na comunidade quilombola de Ariquipá. A 6ª Semana do Bebê Quilombola foi aberta e reuniu crianças, adultos, jovens e idosos. Com o tema: “O direito, a sobrevivência e o desenvolvimento da criança quilombola”, a ação vai acontecer até o dia 30 de novembro, quando será encerrada com uma caminhada pelas principais ruas da cidade. O ponto alto do encerramento vai acontecer na Praça da Matriz, onde será entregue a chave do município ao Bebê Prefeito Quilombola e a premiação aos vencedores das atividades.

Criada através da lei Nº 09/2013 de autoria do prefeito Zé Martins, o projeto tem sido um grande sucesso e está sendo um termômetro para que a gestão municipal possa de fato e de direito levar ainda mais políticas públicas para as pessoas remanescentes de quilombo. De acordo com o projeto de lei que criou a Semana do Bebê Quilombola, o principal objetivo da Semana do Bebê Quilombola, que é uma ação pedagógica, é tornar prioridade o direito à sobrevivência e ao desenvolvimento das crianças de até três anos de idade, a chamada primeiríssima idade.

Na abertura neste domingo (25), o Diácono Carlos Resende abençoou os bebês quilombolas presente no local através de orações e muito louvor. Bequimão possui 18 comunidades quilombolas e 11 já foram certificadas pela Fundação Palmares (Conceição, Rio Grande, Ariquipá, Sibéria, Marajá, Mafra, Santa Rita, Ramal de Quindiua, Pericumã, Suassuí e Juraraitá). Mais da metade dos bequimãoenses são quilombolas. Além disso houve palestras sobre relacionamento dos pais (apresentada pelo psicólogo da Secretaria de Assistência Social, Wanderson Farias) e sobre a Lei Maria da Penha (apresentada pela coordenadora da mulher do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Bequimão (STTR), Maria dos Remédios). A banda Jujubanda de Bequimão fez a festa com as pessoas presentes e botou todo mundo para dançar e brincar. Todas as comunidades quilombolas irão receber a Ação Pedagógica durante a semana inteira.

Durante a ação de abertura a secretária de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, Dinha Pinheiro destacou a preocupação da gestao municipal com as comunidades quilombolas. “O prefeito Zé Martins tem sido um gestor preocupado com nossos quilombos e com as pessoas que vivem neles. A semana do Bebê Quilombolas vei para melhorar a vida das crianças, jovens, adultos e idosos. Temos trabalhado na secretaria para buscar políticas públicas junto com o prefeito para implantar nos quilombos. Nossa gestão é voltada para todos e os quilombos estão sendo valorizados sempre”, destacou.

Estiveram presentes os secretários Dinha Pinheiro (Cultura e Igualdade Racial), Josmael Castro (Assistência Social), Kel Pereira (Esporte e Juventude), Creuber Pereira (Agricultura), Sidney Bouéres (Saúde), representantes da educação (Raquel Costa), Escola Agrícola (Carlos Alberto), Edilson Ferreira (Presidente da Associação de Ariquipá), Alaine Cristina (coordenadora da Escola de Música), Professora Claudete Ribeiro (Fundação Josué Montelo), Diácono Carlos Resende (Igreja Católica), Maria dos Remédios (Coordenadora da Mulher do STTR), Francisco Carlos Macedo (Quilombo Conceição), representantes de Santa Rita, Pericumã, Marajá, José Henrique (Ramal de Quindiua) e Mafra.

A Semana do Bebê Quilombola é organizada pela Prefeitura de Bequimão, através da Secretaria Municipal de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, com apoio da Fundação Josué Montello, Governo do Estado (Secretaria de Estado da Igualdade Racial – SEIR), Conselho Municipal do Direito da Criança e do Adolescente (CMDCA), em parceria com a Secretária Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Segurança Pública, Secretária Municipal de Esporte e Juventude, Secretária Municipal de Assistência Social, Secretaria Municipal de Educação, Rádio Bequimão FM 106,3 MHZ e Unicef.

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close