DIREITOS DA MULHER

Prefeitura de Bequimão lança Campanha Agosto Lilás

A ação busca conscientizar à população pelo fim da violência contra a mulher

A Prefeitura de Bequimão, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, lançou nesta terça-feira (10) a Campanha Agosto Lilás pelo fim da violência contra a mulher. O evento aconteceu na Escola Municipal Miguel Lemos Martins, na comunidade Rio Grande, e contou com a presença de diversas autoridades, que se uniram no combate à violência de gênero.

Prestigiaram a abertura da campanha o secretário de Assistência Social, Josmael Castro, representando o prefeito João Martins; a promotora de justiça da Comarca de Bequimão, Drª Raquel Madeira Reis; o secretário de Igualdade Racial, Fábio Silva; o articulador do Selo Unicef em Bequimão, Wanderson Farias; e o vereador Professor Ivaldo, representando a Câmara Municipal.

A roda de conversa organizada pela Prefeitura de Bequimão contou com o apoio e toda a experiência de técnicos do Centro de Referência Especializada da Assistência Social (CREAS) e do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), unidades que trabalham diretamente com o atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica no município.

Segundo o CREAS, além da sede, o povoado Rio Grande é uma das localidades de Bequimão que mais registraram ocorrências desta natureza. Daí a importância de conscientizar seus moradores. Atualmente, o Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos (PAEFI) garante amparo a 45 mulheres vítimas de violência em todo o município.

A assistente social Cleoneude Amorim explicou de que forma se dá o acolhimento às vítimas e como essas mulheres devem proceder ao passarem por situações em que tenham sua integridade e vida ameaçadas.

“O atendimento acontece por meio de dois importantes serviços disponíveis nos Centros de Assistência Social. O CRAS conta com o PAIF [Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família], que tem a finalidade de apoiar e fortalecer os vínculos familiares e comunitários, por meio de ações de caráter preventivo, protetivo e proativo das famílias. E já o CREAS conta com o PAEFI [Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos], que orienta e acompanha famílias que possuem um ou mais indivíduos em situação de vulnerabilidade, como ameaça ou violação de direitos. As denúncias podem ser encaminhadas à Polícia Civil, por meio do 180; ao Ministério Público; CRAS; e CREAS”, informou a assistente social.

O secretário Josmael Castro falou sobre a importância de fortalecer cada vez mais a rede de proteção a mulheres vítimas de violência.

“Não podemos admitir que mulheres sejam vítimas de violência dentro do nosso município, por isso estamos buscando fortalecer cada vez mais a nossa rede de proteção às vítimas de violência doméstica. Nesta batalha, contamos com a ajuda de órgãos importantes como a Polícia Civil e o próprio Ministério Público. Estamos todos unidos em um só propósito: mostrar para as mulheres bequimãoenses que elas não estão sozinhas. O nosso município dispõe de estrutura para realizar o atendimento adequado às vítimas de violência doméstica e garantir que elas não permaneçam em situações que ameacem a sua dignidade humana”, declarou o secretário de Assistência Social, Josmael Castro.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo