OPORTUNIDADE

Quatro anos de um Governo de Todos Nós

Artigo escrito por Flávio Dino e publicado neste domingo (16)

Por Flávio Dino – Estamos concluindo, com muita alegria no coração, os 4 anos de mandato que o povo do Maranhão me concedeu. E com a certeza de que conseguimos dar passos fortes na direção de um futuro melhor para todos.

Enfrentamos, nesse período, uma combinação terrível: o atraso herdado de séculos de coronelismo se somou à mais profunda crise econômica do país dos últimos 100 anos. No entanto, nem isso nos impossibilitou de dar os primeiros passos na direção que queremos. O voto de confiança que o povo do Maranhão renovou nesse projeto, em outubro passado, aumenta em mim a convicção e o ânimo para trabalhar diariamente por esse futuro melhor.

Flávio Dino entregando viaturas para a Polícia Militar e apresentando o Pacto pela Paz. Foto: Karlos Geromy/Secom

A grande aposta de nosso governo, para a mudança definitiva do destino do Maranhão, é a Educação. Não houve um povo do mundo que alterasse sua história sem investir pesadamente no ensino das novas gerações. Por isso, entregamos 830 Escolas Dignas em todo o estado, em unidades reformadas, construídas ou reconstruídas. Isso significa 4 escolas entregues por semana nesses 4 anos. Ou seja, a extraordinária marca de 1 escola digna a cada 2 dias de governo.

Sinal claro da mudança também é o fato de que antes não havia nenhuma escola de ensino integral funcionando. Atualmente, são 51 escolas de ensino integral, contando o IEMA e o Centro Educa Mais. E tiramos mais de 100 mil pessoas do analfabetismo nesta primeira gestão, com programas como o Sim, Eu Posso! e o Brasil Alfabetizado. Um grande símbolo de nosso compromisso com a educação é que pagamos o maior salário para professores da rede estadual no Brasil, apesar dos severos limites fiscais.

Com tudo isso, revertemos a tendência de queda do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) que marcou o passado, subindo a nota de 2,8 para 3,4.

Na saúde, foram entregues 9 grandes novos hospitais: Chapadinha, Imperatriz, Caxias, Balsas, Bacabal, Pinheiro, Santa Inês, Maternidade de Colinas, Hospital de Traumatologia e Ortopedia (HTO), este último em São Luís.

Com dentistas e especialistas na área, abrimos o Sorrir, que já fez mais de 80 mil atendimentos. O antigo Hospital Geral se tornou um verdadeiro Hospital do Câncer, dedicando-se exclusivamente a isso. Hoje temos uma rede regional de tratamento do câncer em São Luís, Imperatriz e Caxias.

E onde era a antiga Casa de Veraneio e Festas do Governo criamos o Programa Ninar, que hoje é uma referência nacional em atendimento a crianças com problemas de neurodesenvolvimento.

Na segurança, chegamos ao recorde de 15 mil policiais, a maior tropa de nossa história. Com isso, os homicídios na Grande São Luís caíram 62% entre 2018 e 2014. São Luís deixou a lista das 50 cidades mais violentas do mundo. Abrimos 3.700 vagas nos presídios e acabamos com o caos em Pedrinhas.

O Expresso Metropolitano já transportou 12 milhões de passageiros na Grande Ilha e na região de Imperatriz. Criamos o Travessia para pessoas com deficiência: já são mais de 60 mil viagens.

As escolas trouxeram sonhos para crianças como Luzia Alves, que agora quer ser arquiteta (Handson Chagas)

Cerca de 7.500 famílias já receberam recursos para reformar e ampliar os lares com o Cheque Minha Casa. O Minha Casa, Meu Maranhão já construiu mais de 1.000 casas em cidades de baixo IDH.

Garantimos melhor acesso aos serviços públicos, com o Mais Asfalto, que implantou ou recuperou 2.500 km de ruas e estradas em nosso estado. As obras em andamento também mantêm o Maranhão no enfrentamento à crise econômica que afeta o país, gerando emprego e renda em nosso estado.

Do Blogue do Gilberto Lima

Tags

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close